Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3811
Título: Regulação dos Afetos e Expressão Facial das Emoções em Arteterapia
Outros títulos: um estudo de caso
Autor: Cruz, Paula Maria Marta Ribeiro da
Orientador: Freitas-Magalhães, A.
Jardim, Maria Antónia
Palavras-chave: Arteterapia
Psicanálise
Inconsciente
Inconsciente coletivo
Arquétipos
Relações de objeto
Sistema de vinculação
Padrões de vinculação
Espaço potencial
Brincar
Imaginação
Regulação dos afetos
Mentalização
Expressão facial das emoções
Emoções básicas
Art therapy
Psychoanalysis
Unconscious
Collective unconscious
Archetypes
Object relations
Attachment system
Attachment patterns
Potential space
Playing
Imagination
Affect regulation
Mentalization
Facial expression of emotions
Basic emotions
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: O presente trabalho procura articular três eixos de pesquisa: a arteterapia, a regulação dos afetos e a expressão facial das emoções, e divide-se em três partes: uma introdução teórica, a metodologia e a conclusão. Na primeira parte, apresenta-se, num primeiro momento, a arteterapia como contexto do estudo, pois é no contexto de um processo de intervenção arteterapêutico que irá decorrer o nosso estudo. Referem-se as principais contribuições de Freud, de Jung, de Klein, de Winnicott e de Milner, o inconsciente, o inconsciente coletivo e os arquétipos, as relações de objeto, o espaço potencial e o brincar, o modelo de intervenção arteterapêutica. Num segundo momento, denominado por enquadramento teórico, reflete-se sobre a regulação dos afetos, a contribuição do modelo de vinculação, apresenta-se o modelo de biofeedback social do espelhamento parental dos afetos, e analisa-se ainda a relação entre regulação dos afetos, o processo de mentalização e o desenvolvimento do self. Finalmente, a expressão facial das emoções é apresentada como objeto de estudo do presente trabalho, pois é sobre ela que irá recair a nossa pesquisa final. Apresentam-se os gatilhos da emoção e o conceito de emoções básicas, bem como uma descrição das sete emoções básicas. Faz-se uma síntese final da articulação entre a regulação dos afetos, a mentalização e a mudança da expressão facial das emoções em arteterapia. Na segunda parte, apresenta-se o caso e descreve-se a metodologia utilizada para a investigação, bem como os resultados encontrados. Na última parte, enunciam-se algumas conclusões gerais e algumas observações mais particulares. The present study tries to articulate three levels of research: art therapy, affect regulation, and the facial expression of emotions, and divides in three parts: a theoretical introduction, methodology and a conclusion. In the first part, we present, in a first moment, art therapy as context of the study, for it is in the context of a process of art-therapeutic intervention that our research will take place. We refer to the main contributions of Freud, Jung, Klein, Winnicott and Milner, the unconscious, the collective unconscious and archetypes, object relations, the potential space and playing, the art-therapeutic intervention model. In a second moment, designated as theoretical background, we reflect upon affect regulation, the contribution of the attachment model, we present the model of social biofeedback of parental mirroring of the affects, and we further analyse the relationship between affect regulation, the process of mentalization and the development of the self. Finally, facial expression of emotions is presented as the object of study of our research, for our final research will lie upon it. We present the triggers of emotion and the concept of basic emotions, as well as a description of the seven basic emotions. We make a final synthesis of the articulation between affect regulation, mentalization and the change of facial expression of emotions in art therapy. In the second part, we present the case and we describe the methodology used during the research, as well as the results obtained. In the last part, we state some general conclusions and some more particular observations.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia, Ramo de Psicologia Clínica e da Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10284/3811
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
REV_ULTIMO TESE.pdf2,96 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.