Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3762
Título: Biofilmes e Lentes de Contacto
Autor: Silva, Ana Rita Baptista da
Orientador: Fonseca, António Pedro
Data de Defesa: 2012
Editora: [s.n.]
Resumo: O Biofilme pode ser designado como um grupo funcional de microrganismos aderidos a uma superfície estando envolvidos numa matriz exopolimérica. As bactérias organizam-se em Biofilmes, devido a, quando não estão organizadas em microcolónias terem reduzida taxa de sobrevivência. A estrutura e formação destes filmes são heterogéneas, integrando em si nichos de bactérias com graus de crescimento distintos. O estudo da relação dos Biofilmes com as lentes de contacto é pertinente, pois estas são amplamente utilizadas na correção de erros refrativos ligeiros, como na terapêutica de uma série de doenças da superfície ocular. A capacidade dos microrganismos aderirem à superfície das lentes de contacto e formarem Biofilmes desempenha um papel preponderante no desenvolvimento de infeções oculares, relacionadas com o uso destes dispositivos médicos. A formação de Biofilmes não depende só das propriedades da lente mas também dos microrganismos e da sua interação com o material. A prevenção da contaminação em lentes de contacto pode ajudar a reduzir a incidência de doenças oculares, tais como a queratite microbiana. Certas estratégias podem ajudar nesta prevenção, como a modificação dos materiais na produção das lentes. O tratamento, na maioria das infeções oculares bacterianas, é efetuado simultaneamente com antimicrobiano e com anti-inflamatório (corticosteroide). A combinação de antibiótico com corticosteroides promove a proteção contra novas infeções, bem como confere atividade anti-inflamatória, diminuindo a resposta imunitária do organismo. Nesta revisão bibliográfica vai-se abordar o modo como o Biofilme se forma e se estrutura e como interfere com as lentes de contato, bem como a história, os tipos de lentes, materiais e far-se-á uma abordagem à anatomia e fisiologia do olho. As infeções provocadas pelos Biofilmes serão mencionadas e referenciar-se-ão as bactérias mais vulgares, bem como os seus meios preventivos e as terapêuticas adequadas a cada infeção. A biofilm is a functional group of microorganisms that are attached to a surface and are involved in a exopolymeric matrix. Bacteria organize themselves into biofilms since single-cells have a reduced survival rate than microcolonies. The structure and formation of these films are heterogeneous, being integrated by niche of bacteria with different degrees of growth. The study of the involvement of biofilms with contact lenses is relevant, since there are widely used in the mild correction of optical refractive errors and in the treatment of several ocular surface diseases. The ability of microorganisms to adhere to the surface of contact lenses and form biofilms plays a major role in the development of ocular infections related to the use of these medical devices. The biofilm formation is not only dependent of the properties of the lens but also of the microorganisms and their interaction with the material. The prevention of contact lens contamination may help reduce the incidence of ocular diseases, such as microbial keratitis. Certain strategies can help prevent this, such as modifying the materials used in the production of lenses. Most bacterial eye infections are treated with the simultaneous use of antibiotic and anti-inflammatory (corticosteroid) drugs. This combination promotes a protection against new infections, as well as confer anti-inflammatory activity, decreasing the body’s immune response. This literature review will address the way in which the biofilm is formed and structured and how it can interact with contact lenses. The history and the type of lenses and materials used will also be addressed, as well as an analysis of the anatomy and physiology of the human eye. Infections caused by biofilm will be mentioned, reporting the most common bacteria, as well as the therapeutic and preventive means for each infection.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/3762
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PPG_AnaSilva.pdf512,22 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.