Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3744
Título: Novos Sistemas Farmacêuticos para Administração Oral
Autor: Lopes, Joana Raquel Tavares
Orientador: Martins, Carla
Data de Defesa: 2012
Editora: [s.n.]
Resumo: A via oral pela sua acessibilidade fisiológica, comodidade e segurança, continua a ser preferida para a administração de fármacos. Contudo, esta via apresenta algumas desvantagens como a hidrólise enzimática, a degradação dos compostos devido à instabilidade do pH gastrointestinal e a necessidade de administração frequente. Novas abordagens tecnológicas têm capturado a atenção dos investigadores a fim de melhorar a performance dos sistemas terapêuticos convencionais e a adesão do doente. Os sistemas de libertação ativados por estímulos aparecem como uma abordagem bastante promissora para modular o tempo e o local de libertação dos fármacos. Nestes sistemas, a libertação de fármaco é ativada através de uma ação ou estímulo externo e facilitada pela energia fornecida externamente. De acordo com a sua natureza ou o tipo de energia aplicada, os estímulos responsáveis pela ativação da libertação podem ser classificados em três tipos: físicos (ex.: campo magnético, elétrico, ultrassom, temperatura e pressão osmótica); químicos (ex.: pH, força iónica); e biológicos (ex.: microrganismos). A presente dissertação apresenta uma visão pormenorizada dos sistemas ativados por estímulos físicos, químicos e biológicos mais significativos e as aplicações mais relevantes na vetorização e libertação controlada de fármacos atendendo à via de administração oral. The oral route because of its physiological accessibility, convenience and safety remains the preferred for drug administration. However, it presents some limitations like enzymatic hydrolyses degradation of the compounds due to the instability of the gastrointestinal pH and the necessity of frequent administration. Novel technological approaches have been captured the attention of researchers in order to improve the performance of conventional therapeutics and patient compliant. Drug delivery systems activated by stimuli appear as a promising approach to modulate the time and the local of drug release. In these systems, the drug release is activated through some action or external stimuli and facilitated by the energy supplied externally. According to their nature or the type of energy applied, the stimuli responsible to active the drug release can be classified into three types: physical (e.g. magnetic field, electric, ultrasound, temperature and osmotic pressure); chemical (e.g. pH, ionic strength); and biological (microorganisms). The present dissertation gives a detailed view of the most significant activated systems by physical, chemical and biological stimuli and the more relevant applications in targeted and controlled drug delivery attending oral route of administration.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/3744
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dissertação final - Novos Sistemas Terapêuticos para Adminis.pdf1,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.