Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3736
Título: State of the art relativo ao papel do sistema do plasminogénio na quebra da barreira hematoencefálica por Streptococcus agalactiae e outros microrganismos
Autor: Ferreira, Dina Joana Mourão Vieira Ribeiro
Orientador: Magalhães, Vanessa
Data de Defesa: 2012
Editora: [s.n.]
Resumo: Alguns agentes patogénicos bacterianos têm a capacidade de quebrar a barreira hematoencefálica e invadir o sistema nervoso central. A compreensão dos mecanismos de penetração bacteriana através da barreira hematoencefálica pode ajudar a desenvolver novas abordagens para prevenir a meningite bacteriana. O Streptococcus agalactiae, também designado por estreptococo do grupo B (GBS), é considerado o principal agente causador de meningite em recém-nascidos. Estudos efetuados ao longo de décadas têm demonstrado que diversos microrganismos têm aumentado as suas capacidades invasivas ao usar componentes do sistema do plasminogénio do hospedeiro. De facto, uma ampla gama de bactérias, parasitas, fungos e vírus interagem com o sistema do plasminogénio do hospedeiro, afetando a sua regulação, de forma a obter uma atividade proteolítica superficial adquirindo uma vantagem de sobrevivência na medida em que se encontram mais aptos para disseminar dentro do hospedeiro. A capacidade de aquisição de uma atividade proteolítica “plasmin-like” na superfície dos agentes patogénicos, como é o caso das bactérias Streptococcus agalactiae, Borrelia burgdorferi e Yersinia pestis, foi descrita como um importante mecanismo de virulência, ajudando na passagem destes microrganismos através das matrizes extracelulares e na sua disseminação pelo organismo do hospedeiro. A interação com o sistema do plasminogénio pode estar envolvido na passagem da barreira hematoencefálica por vários patogénicos, por exemplo o Streptococcus agalactiae, contribuindo assim para a infeção do sistema nervoso central. Neste trabalho foi descrita e analisada a interação de vários microrganismos e o sistema do plasminogénio do hospedeiro relativamente à sua relevância no desenvolvimento de infeções invasivas bem como possíveis estratégias terapêuticas alternativas baseadas neste mecanismo de virulência. Some bacterial pathogens have the ability to break the blood brain barrier and invade the central nervous system. The understanding of the mechanisms of bacterial penetration through the blood brain barrier may help to develop new approaches to prevent bacterial meningitis. Streptococcus agalactiae, also designated group B streptococcus (GBS), is considered the main causative agent of meningitis in newborns. Studies conducted over decades, have shown that many microorganisms have increased their survival capacity by using the components of the host plasminogen system. In fact, a wide range of bacteria, parasites, fungi and viruses interact with the host plasminogen system and affect its regulation to obtain a surface proteolytic activity and acquiring a survival advantage due to its enhancement dissemination capacity. Actually, the ability to acquire a proteolytic plasmin-like activity on the surface of several pathogens, such as bacteria Streptococcus agalactiae, Borrelia burgdorferi and Yersinia pestis has been described as an important virulence mechanism, assisting in the passage of microorganisms through the extracellular matrices and their dissemination in the body of the host. The plasminogen system may be involved also in the crossing of the blood brain barrier, contributing to the development of the infection of the central nervous system. In this work it is described the interaction between several pathogens and the plasminogen system and analyzed concerning its significance in the development of invasive infections as well as alternative therapeutic strategies based in this virulence mechanism.
Descrição: Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas.
URI: http://hdl.handle.net/10284/3736
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ppg_dinaferreira.pdf818,84 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.