Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3684
Título: As perceções dos educadores de infância quanto à inclusão de crianças com PEA no Pré-Escolar público
Autor: Mendes, Suse Catarina Ferreira
Orientador: Madeira, Milton
Palavras-chave: Perturbações do Espetro do Autismo
Inclusão
Perceção das Educadoras de Infância
Autism Spectrum Disorders
Inclusion
Perception of Kindergarten Teachers
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: Esta dissertação teve como objetivo principal analisar as perceções das Educadoras de Infância quanto à inclusão de crianças com Perturbação do Espetro do Autismo (PEA1) nos Jardins de Infância públicos de Portugal. Pretendeu-se também analisar a influência dos diferentes níveis de formação na área e experiência profissional das Educadoras de Infância na perceção da inclusão das crianças com PEA. Como variáveis para a hipótese geral e específica tem-se a variável alvo a Perceção das Educadoras de Infância quanto à Inclusão de crianças com PEA nos Jardins de Infância públicos; para a hipótese secundária tem-se a variável independente a Formação específica na área e a experiência profissional com PEA e em Educação Especial e a variável dependente a Perceção das Educadoras de Infância quanto à Inclusão de crianças com PEA nos Jardins de Infância públicos. O presente estudo tem carácter sobretudo exploratório (descritivo) e assenta numa metodologia quantitativa sendo que nas hipóteses do objetivo secundário, como se comparam dois grupos, utilizou-se o teste t de Student para duas amostras independentes. A amostra é constituída pelas Educadoras de Infância a trabalhar na rede pública do Concelho das Caldas da Rainha no ano letivo 2011/2012. O instrumento utilizado foi o inquérito por questionário, sendo constituído por quatro partes: a primeira parte refere-se a um questionário sociodemográfico que permitiu fazer uma caracterização pessoal (idade, género, habilitação académica, tempo de serviço, situação profissional, experiência profissional); a segunda parte diz respeito às dificuldades e constrangimentos dos Educadores de Infância quanto à Inclusão de crianças com PEA; a terceira parte refere-se a um questionário sobre as perceções dos Educadores de Infância quanto à inclusão de crianças com PEA; e a quarta e última parte é constituída por duas perguntas abertas. Os resultados da presente investigação não permitiram estabelecer relações entre a perceção daquelas Educadoras quanto à inclusão e as diferentes variáveis exploradas; ou seja, as hipóteses formuladas não foram confirmadas, no entanto, permitiram verificar que os participantes apresentam uma favorabilidade ao conceito da inclusão. This work aimed to analyze the perceptions of kindergarten teachers about the inclusion of children with Autism Spectrum Disorder (ASD) in public Kindergartens of Portugal. It was intended to also analyze the influence of different levels of training and professional experience in the area of Early Childhood Educators in the perception of inclusion of children with ASD. In what concerns the variables, the general and specific hypotheses include the following ones: the target variable, Perceptions of Kindergarten Teachers on the Inclusion of Children with Autism Spectrum Disorders in Preschool Public; the secondary hypothesis includes the independent variable the specific training and experience in the area and experience with ASD and Special Education, and the dependent variable Perceptions of Kindergarten Teachers on the Inclusion of Children with Autism Spectrum Disorders in Preschool Public This study is mainly exploratory nature (descriptive) and is based on a quantitative methodology, and in the cases of secondary objective, as they compare two groups, we used the Student t test for two independent samples. The sample consists of the Kindergarten teachers to work in the public's Council of Caldas da Rainha in the school year 2011/2012. The instrument used was a questionnaire survey, consisting of four parts: the first part refers to a sociodemographic questionnaire that allowed a characterization personal (age, gender, academic qualifications, length of service, employment status, work experience); the second part concerns the difficulties and constraints of Kindergarten on the inclusion of children with ASD, the third part refers to a questionnaire about their perceptions of kindergarten teachers regarding the inclusion of children with ASD, and the fourth and last part consists of two open questions. The results of this research did not allow establish a relationship between the perception of those Educators about the inclusion and the different variables explored, namely the hypotheses were not confirmed, however, allowed to verify that participants have a favorable response to the concept of inclusion.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Ciências da Educação: Educação Especial, área de especialização em Domínio da Intervenção Precoce na Infância
URI: http://hdl.handle.net/10284/3684
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_SuseMendes.pdf1,07 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.