Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3652
Título: Exercício Físico e Envelhecimento Ativo
Autor: Fonseca, José António Campos da
Orientador: Rodrigues, Júlia
Data de Defesa: 2012
Editora: [s.n.]
Resumo: Em paralelo com a Evolução Tecnológica dos nossos dias, também a área da saúde sofreu/sofre avanços significativos que resultam no aumento da esperança média de vida e consequente envelhecimento da população. A OMS estima que em 2025 existirão 1.2 biliões de pessoas idosas, a maioria residente em países desenvolvidos (Saúde, 2001). Embora não reúna total consenso, a maioria dos países desenvolvidos adotou como 65 anos a idade cronológica que define o inicio da 3º idade. O Ministério da Saúde Português assume também esta idade como referência (OMS,2011). No que toca aos diferentes grupos etários dentro da terceira idade, o consenso também não prevalece, existindo autores que defendem a existência de dois grupos. Autores como Tomassini (2006) defendem a existência de dois grupos, idosos jovens (65-84 anos) e muito idosos (com 85 ou mais anos). Outro grupo defende a divisão da terceira idade em três grupos: idosos jovens (65-74 anos), idosos (75-84 anos) e muito idosos (com 85 ou mais anos), como Fonseca (2004). Para além do fator idade, o envelhecimento é também afetado pelas condições de vida de cada país e região, pelo estado psíquico, emocional e financeiro do idoso e pelo apoio familiar e social que lhe é proporcionado (Fonseca [et al], 2004; Tomassini, 2006). No desenvolvimento deste trabalho ter-se-á em consideração a divisão da terceira idade de acordo com Fonseca (2004). Como se sabe, a prática de exercício físico regular é benéfica em todas as idades, causando o bem estar geral e contribuindo para a prevenção de patologias. No caso da terceira idade, torna-se especialmente importante, contribuindo, entre outros, para a redução do sedentarismo e da obesidade, condições que favorecem a perda de faculdades físicas, psicológicas e emocionais. É neste sentido que se apresenta o conceito de envelhecimento ativo, sendo o exercício físico um potenciador desse conceito existindo não só a possibilidade de acrescentar anos de vida, mas também que estes sejam acompanhados por uma melhor qualidade de vida. Sendo o enfermeiro um profissional de saúde muito presente na vida da população envelhecida, é importante aprofundar o conhecimento sobre esta área, podendo assim incentivar e orientar o idoso para a adoção de hábitos de vida saudáveis. In parallel with the Technological Evolution of our days, the area of health also suffered/suffers significant advances that result in the increase of the average hope of life and consequent aging of the population. The WHO esteem that in 2025 will exist 1,2 billion of old people, the majority resident in developed countries (Saúde, 2001). Although it does not have total consensus, the majority of the developed countries adopted 65 years as the chronological age that defines the beginning of 3º age. The Portuguese Health department also assumes this age as reference (OMS, 2011a). About the different age groups of the third age, the consensus also does not prevail, existing authors who defend the existence of two groups. Authors as Cecilia Tomassini defend the existence of two groups, young senior (65-84 years) and very senior (with 85 or more years). Another group defends the division of the third age in three groups: young senior (65-74 years), senior (75-84 years) and very senior (with 85 or more years), as Antonio Fonseca. Beyond the factor “age”, aging also is affected by the conditions of life of each country and region, for the psychic state, emotional and financial of the elder one and for the familiar and social support that it is offered (Fonseca [et al], 2004; Tomassini, 2006). In the development of this work the division of the third age in three age groups will be had in consideration. As it is known, the practice of regular physical exercise is beneficial in all ages, causing general well being and contributing for the prevention of diseases. In the third age case that becomes especially important, contributing, among others, for the reduction of the sedentary life style and obesity, conditions that favor the loss of physical, psychological and emotional faculties. Because of this it the concept of active aging presents, being the physical exercise a factor that enables this concept. Because of this there is the possibility to add years of life, but also that these years are followed by a better quality of life. Being the nurse a health professional a lot present in the life of the aged population, it is important to deepen the knowledge on this area, thus being able to stimulate and to guide the aged one for the adoption of healthful habits of life.
Descrição: Projeto de Graduação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciado em Enfermagem
URI: http://hdl.handle.net/10284/3652
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Monografia ze FINAL.pdf411,37 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.