Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3621
Título: A inclusão de alunos com necessidades educativas especiais na Região Autónoma dos Açores
Outros títulos: atitudes e dificuldades de professores do ensino regular e da educação especial que lecionam no 1.º Ciclo do Ensino Básico
Autor: Bolieiro, Sandra de Fátima Machado
Orientador: Coelho, Fátima
Palavras-chave: Necessidades educativas especiais
Inclusão
Atitudes
Dificuldades
Special educational needs
Inclusion
Attitudes
Difficulties
Data de Defesa: 2012
Editora: [s.n.]
Resumo: Com este trabalho, pretende-se contribuir para o conhecimento das atitudes e dificuldades de professores do ensino regular e da educação especial, que lecionam no 1.º Ciclo da Região Autónoma dos Açores, face à inclusão de alunos com necessidades educativas especiais. Este é um estudo de natureza descritiva, ao longo do qual foi utilizada uma metodologia mista. Os dados derivam de 254 questionários, nos quais se inclui uma escala das atitudes do tipo Likert e três perguntas abertas. A análise estatística foi efetuada com recurso ao Statistical Package for the Social Sciences. Foi ainda utlizada a análise de conteúdo. Selecionou-se um conjunto de variáveis que, segundo diversas investigações, influenciam as atitudes dos professores, designadamente: idade, género, tempo de serviço, formação inicial e especializada, número de alunos por turma e experiência de ensino com alunos com necessidades educativas especiais. Foram formuladas sete hipóteses, cujos testes permitiram rejeitar duas delas. Portanto, não se verificou uma relação estatisticamente significativa entre a idade e o tempo de serviço dos docentes que constituem a amostra do estudo e as suas atitudes. Conclui-se, assim, que todas as outras variáveis exercem uma influência estatisticamente significativa sobre as atitudes dos professores mencionados. Uma das questões abertas colocadas no final do questionário possibilitou a recolha de dados sobre as dificuldades que os docentes dizem sentir na inclusão educativa, as quais estão relacionadas com a escola, professor, aluno com necessidades educativas especiais e família. Na sequência destas dificuldades, os docentes sugeriram um conjunto de medidas que permitem melhorar a inclusão educativa. In this study, we intend to contribute to the knowledge of the attitudes of regular and special education teachers who are teaching in the first degree in the Azores, concerning the inclusion of students with special needs. This is a descriptive study, with a mixed methodology. The data derived from 254 questionnaires, including a range of attitudes Likert-type and two open questions. Statistical analysis was performed using the Statistical Package for Social Sciences. It was also used content analysis. We’ve defined a set of variables that, according to several investigations, influence the attitudes of teachers, namely: age, gender, service, training, specialized training, number of students per class and teaching experience with students with special needs. According to these variables, we have defined seven hypotheses, and tests led us to reject two of them. So, we don't find a statistically significant relationship between the age and length of service of individuals within our sample and their attitudes. We conclude, therefore, that all other variables influence on the attitudes of mentioned teachers. One of the open questions showed up at the end of the questionnaire and allowed the collection of data on the difficulties that teachers say they feel in inclusive education, which are related to the school, teacher, students with special educational needs and family. Following these difficulties, the teachers suggested a set of measures for improving the educational inclusion.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências da Educação: Educação Especial, área de especialização em Domínio Cognitivo e Motor
URI: http://hdl.handle.net/10284/3621
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Atitudes e Dificuldades em Relação à Inclusão.pdf1,29 MBAdobe PDFVer/Abrir
a) Resumo dos Dados Recolhidos Através do SurveyMonkey.pdf172,11 kBAdobe PDFVer/Abrir
a) Ofício Enviado à Direção Regional da Educação e Formação.pdf120,97 kBAdobe PDFVer/Abrir
b) Resposta ao Ofício.pdf157,67 kBAdobe PDFVer/Abrir
a) Questionário.pdf130,34 kBAdobe PDFVer/Abrir
a) Consistência Interna da Escala.pdf14,26 kBAdobe PDFVer/Abrir
a) Autorização para Aplicação do Questionário.pdf122,35 kBAdobe PDFVer/Abrir
b) Resposta da DREF.pdf15,39 kBAdobe PDFVer/Abrir
a) Pedido de Colaboração.pdf122,02 kBAdobe PDFVer/Abrir
a) Estatísticas Descritivas SPSS.pdf31,53 kBAdobe PDFVer/Abrir
b) Estatísticas Descritivas.pdf182,12 kBAdobe PDFVer/Abrir
c) Gráfico com os Valores Médios Obtidos na Escala.pdf135,07 kBAdobe PDFVer/Abrir
a) Idade.pdf25,43 kBAdobe PDFVer/Abrir
b) Género.pdf12,05 kBAdobe PDFVer/Abrir
c) Tempo de Serviço.pdf15,56 kBAdobe PDFVer/Abrir
d) Formação Inicial.pdf13,06 kBAdobe PDFVer/Abrir
e) Formação Especializada.pdf13,14 kBAdobe PDFVer/Abrir
f) Número de Alunos por Turma.pdf13,42 kBAdobe PDFVer/Abrir
g) Experiência de Ensino com Alunos com NEE.pdf16,28 kBAdobe PDFVer/Abrir
a) Dificuldades de Prof. do ER na Inclusão.pdf196,49 kBAdobe PDFVer/Abrir
b) Dificuldades de Prof. da EE na Inclusão.pdf149,58 kBAdobe PDFVer/Abrir
c) Medidas Propostas pelos Prof. do ER.pdf259,62 kBAdobe PDFVer/Abrir
d) Medidas Propostas pelos Prof. da EE.pdf221,99 kBAdobe PDFVer/Abrir
e) Comentários dos Prof. do ER.pdf205,68 kBAdobe PDFVer/Abrir
f) Comentários dos Prof. da EE.pdf192,67 kBAdobe PDFVer/Abrir
g) Gráficos.pdf323,72 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.