Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3606
Título: Estudo da Prevalência do Freio Lingual Curto em Alunos de Medicina Dentária da Universidade Fernando Pessoa - Faculdade das Ciências da Saúde
Autor: Pinto, Sandra Alves
Orientador: Silva, Carlos
Data de Defesa: 2008
Editora: [s.n.]
Resumo: Um "freio lingual curto" resulta de uma anomalia oral congénita, representando uma redução que pode atingir vários graus. Esta monografia tem por objectivos a descrição daquilo a que clinicamente se chama "freio lingual curto"; os critérios de diagnóstico para a sua avaliação; o seu significado clínico; as suas implicações; qual o seu tratamento e a altura ideal para a sua realização. À parte da revisão bibliográfica, que responderá aos objectivos propostos anteriormente, esta monografia tem ainda, como objectivo específico, a realização de um estudo observacional, em que foi dado, a cada um dos alunos do 6.° ano da licenciatura de Medicina Dentária da FCS-UFP, um código para a avaliação da mobilidade da língua, segundo a inserção do seu freio lingual, codificação esta proposta por José Durán von Arx. A amostra em estudo é constituída pelos 80 alunos do 6° ano, do curso de Medicina Dentária da UFP, com idades compreendidas entre os 22 e os 35 anos, sendo 37 (45%) pertencentes ao género masculino e 43 (55%) ao género feminino. Os resultados obtidos foram analisados estatisticamente com recurso ao programa informático Statistic Package for Social Sciences (SPSS©) vs.15.0 for Windows®, através das ferramentas adequadas. Nesta amostra, os resultados demonstram que o género não influencia a mobilidade lingual e que a prevalência de freio lingual curto é muito reduzida. A tongue-tie is the result of an oral congenital anomaly and it’s reduction may present in several degrees. The general aim of this monography is to describe the tongue-tie, it’s diagnose, clinical meaning and implications to the dental practice and the life of the patient as well as the ideal treatment plan. The specific aim is to assess the tongue’s mobility of the 6th year dentistry students in FCS-UFP, using a coding system by José Durán von Arx. The study group is composed of 80 6th year dentistry student from UFP, with age range between 22 and 35 years, 37 (45%) were male and 43 (55%) where female. The results were analyzed with Statistic Package for Social Sciences (SPSS©) vs.l5.0 for Windows®. The results show that the gender does not influence in the tongue’s mobility and that the tongue-tie prevalence is very low.
Descrição: Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/3606
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MONO_SandraPinto.pdf3,16 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.