Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3590
Título: Qualidade de Vida de Cuidadores Informais de Idosos com Demência
Autor: Vigia, Mafalda Sofia Barreto Santos Batalha
Orientador: Madeira, Milton
Palavras-chave: Cuidador informal
Qualidade de Vida
Idoso demenciado
Informal caregiver
Quality of Life
The demented elderly
Data de Defesa: 2012
Editora: [s.n.]
Resumo: Cuidar de quem cuida deve ser uma preocupação vigente na sociedade atual. Perante uma sociedade cada vez mais envelhecida, com tendência ao aumento de doenças crónicas, como a demência, onde a assistência aos idosos aumenta significativamente, surge a necessidade de direcionar também a atenção para o cuidador informal. A prestação de cuidados informais ao idoso demenciado, apresentando uma natureza complexa, exigente e com repercussões evidentes, afeta a saúde, o bem-estar e a Qualidade de Vida do cuidador informal. Deste modo, o propósito principal deste estudo foi avaliar a Qualidade de Vida dos cuidadores informais de idosos demenciados (não institucionalizados), mediante dois grupos contrastivos: o Grupo Ligeiro, de cuidadores informais de idosos com diagnóstico de demência ligeira, independentes e cujo cuidador presta cuidados há pouco tempo e durante poucas horas por dia; e o Grupo Grave, de cuidadores informais de idosos com diagnóstico de demência grave, dependentes e que o cuidador presta cuidados há muitos anos e por muitas horas diárias. Foi assim definido um estudo quantitativo, transversal, comparativo e associativo. A amostra inicial foi constituída por 82 cuidadores informais de idosos com diagnóstico de demência fundamentado. O material utilizado foi o Questionário Sociodemográfico, elaborado pela própria investigadora com o intuito de recolher informações sociodemográficas do idoso e do cuidador informal, bem como informações clínicas sobre o idoso; o Índice de Barthel e o Índice de Lawton para avaliarem a capacidade funcional do idoso nas atividades de vida diária; e por fim, o World’s Health Organization Quality of Life – versão abreviada (WHOQOL-bref). Os resultados obtidos indicam que os cuidadores informais pertencentes ao Grupo Ligeiro apresentam uma perceção mais positiva da Qualidade de Vida, comparativamente aos cuidadores informais que constituem o Grupo Grave, exceto no domínio físico. O perfil dos cuidadores informais que constituem a amostra inicial, a amostra definitiva e os dois grupos em análise, é semelhante ao referido por estudos pesquisados na literatura existente. Os indivíduos do género masculino e do género feminino, percecionam a sua Qualidade de Vida de forma idêntica, embora possam existir diferenças entre os géneros na perceção da dimensão psicológica a favor dos elementos do género masculino. Caring for the caregivers should be a prevailing concern in society today. Facing an increasingly aging society, with a tendency to increase in chronic diseases, such as dementia, where the care of the elderly increases significantly, there is also a need to direct attention to the informal caregiver. The provision of informal care to the demented elderly, presenting a complex nature, demanding and with obvious repercussions, affects the health, well-being and Quality of Life of informal caregivers. Thus, the purpose of this study was to evaluate the Quality of Life of informal caregivers of demented elderly (not institutionalized) by two contrastive groups: Group Slightly of informal caregivers of elderly diagnosed with mild dementia, independent and whose caregiver provides care recently and for a few hours per day; and Group Severe of informal caregivers of elderly with a diagnosis of severe dementia, dependents and the whose caregiver provides care for many years and for many hours daily. Was defined a quantitative, cross-sectional, comparative and associative study. The initial sample is composed by 82 informal caregivers of elderly with diagnosis of dementia. The material used was a Sociodemographic Questionnaire, developed by the researcher in order to collect sociodemographic information of the informal caregivers and clinical information on the elderly; the Barthel Index and Lawton Index to assess the functional capacity of the elderly in activities of daily living; and finally, the World Health Organization Quality of Life - abbreviated version (WHOQOL-bref). The results indicate that the informal caregivers in Group Slightly have a more positive perception of Quality of Life, compared to informal caregivers who constitute the Group Severe, except in the physical domain. The profile of informal caregivers who provide the initial sample, the final sample and the two groups in the analysis, is similar to that reported by studies surveyed the existing literature. Informal caregivers of the masculine and feminine gender, perceived their Quality of Life similarly, although there may be gender differences in the perception of the psychological domain of the elements in favor of males.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia, especialização em Psicologia Clínica e da Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10284/3590
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_15863.pdf877,95 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.