Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3533
Título: Estilos de gestão construtiva de conflitos numa organização empresarial
Autor: Torres, Sandra Carvalho
Orientador: Cunha, Pedro
Palavras-chave: Estilos
Conflito
Organização
Equipa
Styles
Conflict
Organization
Team
Data de Defesa: 2012
Editora: [s.n.]
Resumo: Este trabalho de Investigação surgiu no âmbito da Dissertação de Mestrado em Mediação e Interculturalidade. O objetivo principal desta investigação foi o de identificar as estratégias de gestão de conflitos utilizadas pela organização objeto de análise empírica. Metodologicamente trata-se de um estudo do tipo descritivo, e quantitativo, uma vez que se procedeu à aplicação de um questionário sobre Estratégias para a Gestão de Conflitos, da autoria de Jesuíno (1992). A opção por este instrumento assentou fundamentalmente no fato de se tratar de 1 escala originalmente portuguesa e não ter sido ainda objeto de estudo de outras investigações. Neste sentido, a pesquisa empírica procurou cruzar 1 conjunto amplo de variáveis sociodemográficas (género, idade, habilitações literárias, estado civil, tipo de colaborador, se tem colaboradores a seu cargo e tempo de trabalho na organização) com os cinco estilos de Gestão de Conflitos enunciadas no referencial teórico de base do instrumento utilizado. Os resultados apontam para que os cinco estilos de gestão de conflito estejam presentes na nossa amostra, no entanto os estilos compromisso e colaboração parecem ser os mais utilizados e o Evitamento o menos presente. As variáveis sociodemográficas como o género, colaboradores a cargo, habilitações literárias e o estado civil parecem estar correlacionadas com os estilos preferenciais a adotar numa situação de conflito. A idade e o tempo de trabalho na organização da amostra não apresentam correlação direta com nenhum dos estilos de gestão de conflito. This work arose within the Research Dissertation in Mediation and Interculturalism. The main objective of this research was to identify strategies of conflict management used by the organization subject to empirical analysis. Methodologically this is a descriptive study, and quantitative, since it proceeded to a questionnaire on Strategies for Conflict Management, authored by Jesuíno (1992). The choice of this instrument was based primarily on the fact it is one scale originally Portuguese and has not yet been studied by other investigations. In this sense, empirical research sought to cross one broad set of sociodemographic variables (gender, age, educational attainment, marital status, type of employee, if you have employees in charge and working time organization) with the five Conflict Management strategies listed on the theoretical basis of the instrument used. The results indicate that the five styles of conflict management are present in our sample, however the commitment and collaboration styles seem to be the most used and the least Avoidance present. Sociodemographic variables such as gender, employees or dependents, qualifications and marital status appear to be correlated with the styles preferred to adopt a conflict. The age and working time organization in the sample do not appear to present any direct correlation with any of the styles of conflict management.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa, como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Mediação e Interculturalidade
URI: http://hdl.handle.net/10284/3533
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_SandraTorres.pdf936,95 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.