Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3476
Título: Efeitos de uma abordagem fisioterapêutica baseada no Método de Pilates no tratamento da dor lombar e da incapacidade funcional em mulheres grávidas
Autor: Guimarães, Tânia
Orientador: Cervaens, Mariana
Palavras-chave: Dor lombar
Mulheres grávidas
Técnicas de fisioterapia
Pilates
Low back pain
Pregnant women
Physiotherapy
Pilates
Data de Defesa: 2012
Editora: [s.n.]
Resumo: A dor lombar é um sintoma frequentemente relacionado à gestação. Esse sintoma é limitante, pois interfere diretamente nas atividades de vida diária. Objetivo: estudar a eficácia do Método de Pilates no tratamento da dor lombar durante a gestação, bem como a sua relação com as limitações funcionais da grávida. Metodologia: foram selecionadas 18 grávidas com lombalgia gestacional, divididas em dois grupos, 9 no Grupo Experimental (GE) que foram submetidas a sessões de Pilates, durante 4 semanas consecutivas, e 9 integraram o Grupo Controlo (GC) que apenas eram acompanhadas no pré-natal. Utilizou-se a Escala Visual Numérica para avaliar a intensidade da dor e o questionário de Incapacidade Oswestry (ODI V2.0) para avaliar as limitações funcionais provocadas pela lombalgia. Resultados: O GE apresentou um decréscimo na intensidade da dor ao fim de 4 semanas, contrariamente no GC verificou-se um aumento da intensidade da dor. As grávidas do GE apresentaram menos limitações funcionais do que as do GC. Conclusão: conclui-se que o Método de Pilates é eficaz na redução do quadro álgico lombar apresentado durante a gestação. Low back pain is a frequent symptom related to pregnancy. This symptom is limiting, because it interferes directly in daily living activities. Objective: To study the effectiveness of the Pilates Method in the treatment of low back pain during pregnancy, as well as its relationship with the functional limitations of the pregnant woman. Methodology: 18 pregnant women were selected with low back pain during pregnancy, assigned into two groups, 9 in the experimental group (EG) were submitted to sessions of Pilates for 4 consecutive weeks, and 9 in the control group (CG) that were only monitored during the prenatal phase. We used the Visual Numeric Scale to assess pain intensity and the Oswestry Disability Questionnaire (ODI V2.0) to assess the functional limitations caused by low back pain. Results: The EG showed a decrease in pain scores after four weeks; on the other hand the CG had an increase of the pain intensity. Pregnant women in the EG had fewer functional limitations than those of CG. Conclusion: we conclude that the Pilates method is effective in reducing low back pain symptoms that appear during pregnancy.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Fisioterapia
URI: http://hdl.handle.net/10284/3476
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
T_19646.pdf270,71 kBAdobe PDFVer/Abrir
ANEXOS_19646.pdf140,36 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.