Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3374
Título: Solid waste management
Outros títulos: world perspectives and the Cameroon case study
Autor: Remy, Ako Achere
Orientador: Dinis, Maria Alzira Pimenta
Guerreiro, Maria João
Palavras-chave: Municipal Solid waste management (MSWM)
Income group
Sustainable waste management
Gestão de resíduos sólidos
Nível de rendimentos
Gestão sustentável de resíduos
Data de Defesa: 2012
Editora: [s.n.]
Resumo: Nowadays, many nations in the world transform their contemporary waste management practice into a more efficient and sustainable one. This is to render them capable of handling increased refuse generation and the numerous ambiguities of the current municipal solid waste management (MSWM) systems. This has been aggravated by economic activities, urbanization and life quality provided to the city inhabitants. This has influenced the masses to shift from rural to the urban environments. More so, low, middle and high-income countries spend roughly 40% of the annual budget on waste related environmental problems. In spite of the changes in strategy, the quantity of municipal solid waste (MSW) continues to increase, and its diverse characteristics make it a lot more problematic. This study strives to understand the key drivers of waste handling and present the challenges, threats, and opportunities in transforming the traditional waste streams into optimized practices with acceptable waste administration. In the quest of understanding the challenges, a literature research pattern of facts compilation served as the main model for the study. This work investigates the policies and options that are employed in 29 nations all over the world. It also proposes a direct or indirect framework for a lower middle-income nation-Cameroon. The study concludes that: firstly, strategies based on, social, economic, political tools, and new technologies, can assist cities/countries in their revolution geared towards a sustainable MSWM system. Furthermore, waste handling difficulties are not only technologically orchestrated, but they are due to political misappropriation. Lastly, the couple force existing between waste volume and income will remain directly proportionate if stakeholders are not educated to hold up with MSW streams in the world. Atualmente, muitos países no mundo têm como objetivo transformar as suas atuais práticas de gestão de resíduos em práticas mais eficientes e sustentáveis. Induzida por numerosas lacunas existentes nos atuais sistemas de gestão de resíduos e agravada pelo aumento da migração das populações das zonas rurais para os ambientes urbanos, a produção de resíduos e os problemas que desta advêm têm aumentado. As atividades económicas atualmente praticadas e o aumento da qualidade de vida das populações são também fatores que contribuíram para o agravamento destes problemas. Em média, e incluindo os países subdesenvolvidos, desenvolvidos e em vias de desenvolvimento, 40% do orçamento despendido na resolução dos problemas ambientais a nível mundial é destinado à resolução destes problemas. Apesar do montante gasto na gestão dos resíduos, a quantidade de resíduos urbanos gerados continua a aumentar e a cada vez maior diversificação dos resíduos gerados dificulta a sua gestão. Este estudo visa compreender os principais fatores intervenientes na gestão dos resíduos, apresentando os principais desafios, ameaças e oportunidades de transformação dos tradicionais fluxos de resíduos, assim como a otimização de práticas aceitáveis de gestão de resíduos. De forma a melhor entender os desafios do processo de gestão dos resíduos, foi efectuada uma compilação de dados obtida através de uma pesquisa literária, pesquisa esta que serviu de base de estudo deste trabalho. Este trabalho procura ainda investigar as orientações políticas e linhas de conduta adotadas em todo 29 paysage o mundo. Este estudo permite-nos concluir que: em primeiro lugar, estratégias baseadas em ferramentas e políticas socioeconómicas e tecnologias mais recentes podem conduzir as cidades/países a implementar uma revolução sustentável, sem stresse, acessível, viável e mais eficaz das suas estratégias de SGRS Urbanos; em segundo lugar, verificou-se que os problemas de gestão de resíduos não são resolvidos apenas com o recurso à tecnologia, são essencialmente resolvidos através de políticas de gestão apropriadas; por último, a força mútua existente entre o volume de resíduos gerados e os encargos resultantes continuará a ser diretamente proporcional se os principais intervenientes nos sistemas de Resíduos Sólidos não forem devidamente educados e se estes não se preocuparem com os fluxos de resíduos gerados a nível global.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau Mestre em Engenharia e Gestão Ambiental
URI: http://hdl.handle.net/10284/3374
Aparece nas colecções:FCT (DCEA) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_24504.pdf897,39 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.