Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3348
Título: SAGE – Sistema de Avaliação e Gestão Estratégica do Grupo Crédito Agrícola
Outros títulos: uma Realidade Presente na Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Minho
Autor: Costa, Sandra Maria Silva da
Orientador: Barros, Carla
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: O SAGE – Sistema de Avaliação e Gestão Estratégica, é um modelo de avaliação de desempenho, desenvolvido e implementado numa instituição financeira, O Grupo Crédito Agrícola. É objectivo do Grupo, alargar este modelo a todas as Caixas Associadas, uma vez que neste momento, só cerca de metade das Caixas Associadas o utilizam. Este estudo surge para compreender melhor esta realidade, percebendo a origem da sua concepção e os pressupostos da sua implementação, numa Caixa Associada, a Caixa do Minho. Os estudos empíricos têm evidenciado a importância da avaliação de desempenho no contexto organizacional, bem como os seus benefícios na gestão de pessoas. A presente investigação, centrou-se na análise das várias perspectivas, a perspectiva da responsável pela concepção do Sage, na Caixa Central, a perspectiva da responsável pela implementação do Sage, na Caixa do Minho e a perspectiva dos avaliadores, na Caixa do Minho. Foram realizadas 10 entrevistas, uma, ao responsável pela concepção do Sage, uma, ao responsável pela sua implementação na Caixa do Minho, e oito, aos responsáveis de agência da Caixa do Minho, com funções de avaliadores. O estudo de carácter exploratório e descritivo, incidiu numa abordagem de perfil qualitativo, utilizando a entrevista semi-estruturada como instrumento de recolha de dados, que permitiu explorar e descrever as perspectivas dos intervenientes no processo de concepção, implementação e de avaliação no SAGE. Os principais resultados, revelam que o SAGE é um instrumento inovador, abrangente e flexível, que visa superar os constrangimentos dos instrumentos anteriores. No entanto, o presente estudo revelou, que a Caixa do Minho não se encontra totalmente satisfeita com a sua implementação. A estrutura funcional da Caixa do Minho é diferente da estrutura funcional da Caixa Central, não tendo inclusive, Departamento de Recursos Humanos. Tendo em conta esta circunstância, a Caixa Central deverá reequacionar a sua colaboração com as Caixas Associadas no que concerne à implementação do SAGE. A Caixa Central, deve disponibilizar profissionais especializados para implementar o modelo, para que o SAGE seja uma realidade presente em mais Caixas de Crédito Agrícola Mútuo. SAGE is a performance evaluation model, developed and implemented in a financial institution: Grupo Crédito Agricola. The aim of the group is to extend this model to all Caixas Associadas, since at the moment, only about half of them use it. The purpose of this study is to better understand this reality and to understand the source of the creation of this tool in the Caixa Central and any assumptions in its implementation in a Caixa Associada: Caixa do Minho. Empirical studies have shown the importance of performance evaluation in the organizational context as well as its benefits in staff’s management. This research focused on analyzing the various perspectives. The perspective of the designer of the SAGE in the Central Caixa and the perspective of the person in charge of implementing SAGE in Caixa do Minho and the perspective of the evaluators in Caixa do Minho. Ten interviews were made. One interview to the person responsible for the Sage’s design, one to the person responsible for its implementation in Caixa do Minho and eight to the people responsible for Caixa do Minho agency that have evaluation duties. The study with an exploratory and descriptive approach focused on a qualitative profile. It used a semi-structured data collector instrument that allowed us to explore and describe the different perspectives of stakeholders in the process of designing, implementing and that of the examiners of Sage, in a Caixa Associada, Caixa do Minho. The main results show that Sage is a tool for performance evaluation valid and very interesting, however, the way it was implemented it could and should be improved. The functional structure of Caixas Associadas, particularly the subject of this study, Caixa do Minho, is completely different from the functional structure of the Central, mainly the Human Resources Department. This is reason enough for the Central to rethink its cooperation with Caixas Associadas regarding the Sage’s implementation. The monitoring Caixa Central, through its employees, who are specialized professionals in the implementation of Sage in Caixas Associadas, is critical to its success.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Psicologia, especialização em Psicologia do Trabalho e das Organizações
URI: http://hdl.handle.net/10284/3348
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_18934.pdf4,42 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.