Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3320
Título: Método DeLorme versus Electroestimulação no fortalecimento muscular do quadricípete
Autor: Clemente, Ana Isabel Venâncio
Orientador: Seixas, Adérito
Palavras-chave: Força muscular
Dinamómetro isocinético
Electroestimulação
DeLorme
Quadricípete
Muscular strength
Isokinetic dynamometry
Electrostimulation
Quadriceps
Data de Defesa: 2008
Resumo: Objectivo de Estudo: Verificar se existem diferenças na avaliação da "Maximal Average Peak Torque" dependendo do método utilizado (método DeLorme e Electroestimulação), e verificar qual dos métodos é o mais eficaz no fortalecimento muscular. A avaliação da "Maximal Average Peak Torque" foi avaliada pelo dinamómetro isocinético Gymnex Iso 1. Metodologia: Neste estudo, a amostra foi constituída por 27 indivíduos, 14 do sexo feminino e 13 do masculino, aparentemente saudáveis, estudantes universitários da Universidade Fernando Pessoa do curso de Fisioterapia, com a média de idades de 21,89 ± 1,55 anos, compreendidas entre 20 e 25 anos. O peso médio foi 64,72 ±11,80 kg e a altura média foi de 1,72 ±0,09 cm. A amostra foi dividida em três grupos, cada um constituído por nove indivíduos, escolhidos aleatoriamente. O Grupo A foi submetido ao método de DeLorme; grupo B ao protocolo de electroestimulação, com corrente de Kots; e o grupo C o de controle, que apenas realizou as avaliações de força muscular. Os participantes realizaram uma avaliação inicial e uma reavaliação no final do protocolo de fortalecimento, no dinamómetro isocinético, aparelho que permite medir a força isométrica máxima. O programa de fortalecimento teve a duração de quatro semanas, em que o protocolo de DeLorme foi aplicado durante quatro dias, e ao quinto era determinado a nova resistência máxima, enquanto a electroestimulação foi aplicada durante três dias por semana. Foram realizados dois momentos de avaliação, um inicial e outro após a aplicação dos protocolos de fortalecimento. Resultados: Verificou-se que tanto o método DeLorme como a electroestimulação aumentam de forma estatisticamente significativa (p ≤ 0,05) a força no grupo muscular quadricípete. Contudo, quando comparamos a eficácia dos dois métodos entre si registaram-se diferenças, mas estas não eram estatisticamente significativas. O método de DeLorme e a electroestimulação demonstram ser uma mais valia no fortalecimento muscular. Objective: Verified whether there are differences in assessing the "Maximal Average Peak Torque" depending on the method strengthening (DeLorme and electrostimulation), and see which of these methods is most effective. The assessment of "Maximal Average Peak Torque" was evaluated by isokinetic dynamometer Gymnex Iso 1. Methods: In this study, the sample was composed of 27 individuals, 14 females and 13 males, apparently healthy, students at the University Fernando Pessoa in the course of Physiotherapy, with average age of 21.89 ± 1.55 years, between 20 and 25 years. The average weight was 64.72 ± 11.80 kg and the average height was 1.72 ± 0.09 cm. The sample was randomly divided into three groups, with nine individuals each. The Group A was submitted to the DeLorme method, group B to the electrostimulation protocol with Kots modality, and group C, the control, that just carried out the evaluation on muscle strength. The participants were provided an initial strength muscle evaluation and a final evaluation at the end of the protocol in the isokinetic dynamometer, a device that allows the evaluation maximal isometric strength. The program of strengthening was applied during a period of four weeks, in which the DeLorme protocol was applied for four days and on the fifth day was measured the new maximum strength. The electrostimulation program was applied for three days a week. There were two moments of evolution, an initial and final, after the implementation of the protocols of muscle strength. Results: Both the method Delorme and electrostimulation program increased muscle strength in the quadriceps group significantly (p ≤ 0.05). However, when comparing the effectiveness of the two methods among themselves there were differences, but these were not statistically significant (p ≥ 0,05). The methods of Delorme and electrostimulation proved to be important on muscle strengthening.
Descrição: Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa para obtenção do grau de Licenciada em Fisioterapia
URI: http://hdl.handle.net/10284/3320
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
11804.pdf1,45 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.