Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3319
Título: Conhecimento das mães sobre a contracepção durante a amamentação
Autor: Pinto, Diana Patrícia Gonçalves Pereira
Orientador: Sousa, Lucília
Data de Defesa: 2009
Editora: [s.n.]
Resumo: O Aleitamento Materno é a forma mais natural e completa de alimentar os recém-nascidos. Além de possuir todos os nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento harmonioso do bebé, o LM transmite-lhe ainda um potencial imunológico insubstituível que protege o bebé das primeiras infecções, tendo um efeito protector da mortalidade e morbilidade das crianças. Sabe-se também que a amamentação exclusiva reduz consideravelmente a possibilidade de contracepção uma vez que inibe a ovulação. No entanto não são poucos os casais menos prevenidos que vêm acontecer uma gravidez, na maioria dos casos não desejada, durante a amamentação. O planeamento familiar tem como objectivo principal planeamento das gravidezes. Durante o aleitamento materno é fundamental que o casal possua informações sobre os métodos contraceptivos mais adequados, tendo em conta a sua eficácia e simultaneamente os seus efeitos na manutenção do aleitamento materno. O presente estudo, intitulado “Conhecimentos das Mães sobre a Contracepção durante a Amamentação”, visa contribuir para o alargamento de conhecimentos referentes a contracepção durante a Amamentação, de forma a poder informar os casais sobre os contraceptivos que podem ser utilizados durante o Aleitamento Materno. Os objectivos delineados foram os seguintes: identificar os conhecimentos das Mães sobre a Contracepção durante a Amamentação; identificar qual o Método Contraceptivo mais utilizado durante a Amamentação. As questões de investigação deste estudo são: “Quais os conhecimentos das Mães sobre a Contracepção durante a Amamentação?”, “Qual o método contraceptivo mais utilizado pelas Mães durante a Amamentação?”. De forma a responder as questões de investigação foi delineado um estudo quantitativo, descritivo e transversal, cujos dados foram recolhidos através de um questionário. A população escolhida para este estudo são as mães que estão a amamentar e que frequentam o Centro de Saúde de Resende e a amostra é constituída por 31 mães, que estão a amamentar e que frequentaram consultas de Saúde Infantil e Vacinação no período de 03 a 17 de Abril. O tratamento de dados foi realizado com recurso ao SPPS versão 17.0. Para melhor compreensão da temática foi realizado uma revisão bibliográfica sobre o Aleitamento Materno (história e vantagens), sobre os Métodos Contraceptivos mais utilizados em Portugal, sobre a Contracepção durante a Amamentação, assim como o Papel dos Enfermeiros na promoção do Aleitamento Materno e no aconselhamento sobre os Métodos Contraceptivos. As conclusões deste estudo demonstram que as mães se preocupam com os efeitos dos contraceptivos no processo de amamentação. O método contraceptivo mais utilizado pelas mães, que frequentam o Centro de Saúde de Resende, durante o Aleitamento Materno é a mini pílula (77,4%). Um número significativo (74,2%) ao fazer a sua escolha teve em conta que estava a amamentar e 87,1% das mães inquiridas reconhecem que durante a amamentação não pode ser utilizado um método contraceptivo qualquer.
Descrição: Projecto de Graduação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Enfermagem
URI: http://hdl.handle.net/10284/3319
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mono_dianapinto.pdf3,05 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.