Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3229
Título: Fractura do ângulo da mandíbula e presença do 3º molar
Outros títulos: indicação para extracção profilática?
Autor: Carvalho, Nelson Leite
Orientador: Macedo, José Paulo
Palavras-chave: Third molars
Mandibular fractures
Mandibular angle fractures
Condilar fractures
Sport fractures
Third molar extraction
Prophylatic extraction
Data de Defesa: 2010
Editora: [s.n.]
Resumo: Introdução e objectivo – A extracção profiláctica de um (3M) incluso mandibular assintomático é controversa, necessitando de uma avaliação pormenorizada individual. A morbilidade associada à extracção e à sua presença na cavidade oral está bem estabelecida na literatura. Pretende-se perceber com esta revisão bibliográfica quer parâmetros têm que ser avaliados na decisão da atitude a tomar perante um 3M incluso e a sua relação com as fracturas do ângulo da mandíbula. Metodologia – Foi feita uma pesquisa bibliográfica em 3 motores de busca diferentes (PubMed/Medline, Science Direct e Blackwell-Synergy) num total de 79 artigos. Após a leitura dos abstracts foram excluídos 21 artigos por não preencherem os critérios de inclusão (não datavam entre 1990 e 2010, não havia proximidade entre o título do artigo e o tema dessa revisão bibliográfica, abordavam o tema num contexto individual ou não estavam totalmente em língua Inglesa/Portuguesa). A pesquisa ocorreu entre os meses de Abril e Outubro de 2010 nas bibliotecas da Faculdade de Medicina Dentária do Porto da Universidade Fernando Pessoa. Desenvolvimento – Os 3M inclusos aumentam em 3 vezes mais o risco de fractura do ângulo mandibular, principalmente em casos de forças de impacto baixas ou médias, uma vez que a presença do 3M altera a dispersão do impacto e rompe a lâmina dura do osso, numa região mandibular já frágil. Segundo a classificação de PELL & Gregory, 3M que ocupem uma posição Classe II, tipo 2 são mais perigosos. As extracções profiláticas são controversas uma vez que o Médico Dentista tem de ter em atenção o custo/benefício para o paciente de uma intervenção destas, já que a cirurgia e o pós-operatório podem não compensar a hipótese de uma eventual patologia. Autores apresentam também maior probabilidade de fractura do côndilo na ausência do terceiro molar uma vez que o ângulo, sem o dente, sustem melhor as forças, dispersando-as para o côndilo. Em casos específicos como os desportistas, que correm um maior risco de fractura por terem um comportamento de riso, a extracção parece estar indicada. Conclusão – O 3M incluso é um factor de risco para fracturas do ângulo mandibular, particularmente em casos de impactos de força média. Indicam-se as extracções profiláticas em pacientes considerados de risco, que pratiquem desportos de contacto sem protecção ou em pacientes com idade inferior a 24 anos, onde a morbilidade associada à sua extracção é normalmente mais pequena. Nos restantes casos, a atitude deve ser expectante, controlando a sua evolução. Summary This review article aims to explain the relationship between increasing the probability of a fracture of the mandible angle in the presence of the third molar included (3M-included), as well as prophylactic extraction viable as a preventive measure in cases of patients at risk. The included 3M 3-fold increase in the risk of fracture of the mandibular angle, especially cases of impact forces low or medium, since the presence of 3M alters the dispersion of impact forces and disrupts the lamina dura of the jaw bone, a region already fragile. According to the classification of Pell & Gregory, 3M who occupy a position Class II, type B are more dangerous. Prophylatic extractions are controversial because the dentist has to take into account the cost/benefit for the patient to an intervention of these, since the surgery and the postoperative period may not compensate the possibility of developing pathology. Authors also present a higher probability of fracture of the condyle in the absence of the third molar because the angle without tooth sustain better forces, scattering them to the condyle. In specific cases such as sportsmen, who are at greater risk for having a fracture risk behavior, the extraction seems to be indicated.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/3229
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
T_15546.pdf7,59 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.