Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/3142
Título: Das atividades de aprendizagem às perceções de literacia no contexto universitário
Outros títulos: estudo exploratório com estudantes do 1º ciclo do ensino superior
Autor: Rodrigues, Maria do Rosário Queirós
Orientador: Santos, Nelson Lima
Rurato, Paulo
Data de Defesa: 2012
Editora: [s.n.]
Resumo: Este trabalho apresenta um estudo exploratório sobre as atividades de aprendizagem e as perceções de literacia no ensino superior, tendo sido concretizado com estudantes universitários do 1º ciclo de estudos (Licenciatura) em três instituições de ensino superior, públicas e privadas, do norte do país. Tendo como principais objetivos recolher informação sobre as atividades de aprendizagem e as perceções de literacia dos estudantes, com particular incidência nas perceções de literacia funcional, este projeto está ancorado nos contributos conceptuais de um conjunto de construtos, de que se destacam a literacia, a literacia digital e a literacia funcional, bem como as especificidades das novas tecnologias da informação, da aprendizagem de adultos e do ensino superior. Para recolha de informação, foi construído um instrumento original (Questionário sobre Atividades de Aprendizagem e Perceções de Literacia), constituído por 13 itens de resposta fechada, agrupados em 3 escalas, e por um conjunto de 4 questões de resposta aberta. Este questionário, após pré-teste com reflexão falada, foi administrado a uma amostra constituída por 264 participantes, estudantes do 1º ciclo, de ambos os sexos (49,2% do sexo feminino e 50,8% do sexo masculino), de cada um dos três anos curriculares e (1º ano – 24,2%, 2º ano – 49,2% e 3º ano – 26,5%), dos cursos de Psicologia (43,9%), Informática de Gestão (37,9%) e Educação Física e Desporto (18,2%), no início ou no final de aulas. Globalmente, os resultados qualitativos evidenciam que, na entrada para a universidade, o gosto pela área/curso e a aquisição de conhecimentos são os aspetos apontados como maiores vantagens, enquanto que os aspetos atuais apontados como maiores vantagens são o aprender e a maturidade. Já como maiores dificuldades, na entrada para a universidade, os aspetos apontados são a adaptação à universidade e o ritmo de trabalhos, enquanto que a gestão de tempo e a elevada carga de trabalhos são os aspetos atuais referidos como maiores dificuldades. Por sua vez, os resultados dos estudos diferenciais revelam várias diferenças significativas, a saber: (i) quanto ao sexo – nos itens ler um texto e compreender um texto, a favor do sexo feminino, e falar em público, efetuar cálculos por escrito, efetuar cálculos simples mentalmente, compreender fórmulas e aplicar fórmulas, a favor do sexo masculino; (ii) quanto ao curso – nos itens ler um texto, compreender o que lê e explicar aos outros, a favor do curso de Psicologia, falar em público, a favor de Educação Física e Desporto e efetuar cálculos simples mentalmente, efetuar cálculos por escrito, compreender fórmulas e aplicar fórmulas, a favor de Informática de Gestão; (iii) quanto ao ano frequentado –, nos itens compreender o que lê, a favor do 3º ano, explicar aos outros, a favor do 2º e 3ºanos, e falar em público e elaborar um trabalho por escrito a favor do 2º ano, apenas sobre o 1º ano. This work presents an exploratory study on learning activities and literacy perception in higher education, conducted on university students attending the 1st cycle of higher education (Bachelor’s degree) in three higher education institutions, both public and private, in the northern Portugal. The main objective was gathering information about students’ learning activities and literacy perceptions, especially functional literacy perceptions. This project is based on the conceptual relevance of a set of constructs such as literacy, both digital and functional, as well as the specificities of new information technologies, adult learning and higher education. In order to gather this information an original and specific instrument was created – Questionário sobre Atividades de Aprendizagem e Perceções de Literacia (Questionnaire on Learning Activities and Literacy Perceptions). It included 13 closed response items, grouped in three subscales, and a set of 4 questions with open answers. Following an aloud spoken reflection of the questionnaire, it was administered at the beginning or end of classes to a sample of 264 participants, students of the 1st cycle of both genders (49.2% female), and (50.8% male) from all three years of this cycle (1st year 24.2%, 2nd year 49.2%, and 3rd year 26.5%) studying Psychology (43.9%), Computer Science Applied to Management (37.9%) and Physical Education and Sports (18.2%). Globally the qualitative results revealed that interest for the area/course and knowledge acquisition are stated as major advantages at the time students enter university, whereas learning and maturity are pointed as major advantages presently. The major difficulties referred when entering higher education are adaptation to university and frequency of assignments, whereas time management and high workload were referred as the present major difficulties. On the other hand, the results of differential studies revealed significant differences, namely: (i) concerning gender – on items text reading and text comprehension, favoring females; and public speaking, performing written calculations, performing mental basic calculations, understanding formulas and applying formulas, favoring males; (ii) concerning the course – on items reading a text, comprehending the text and explaining it to others, favoring Psychology students; public speaking, favoring Physical Education and Sports students; and performing mental basic calculations, performing written calculations, understanding formulas and applying formulas, favoring Computer Science Applied to Management students; (iii) concerning the year students attended – on items comprehending the text, favoring 3rd year, explaining it to others, favoring 2nd and 3rd years, and public speaking and doing a written assignment favoring 2nd year only over 1st year.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa, como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia, especialização em Psicologia do Trabalho e das Organizações
URI: http://hdl.handle.net/10284/3142
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_20361.pdf429,63 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.