Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2966
Título: "Capacidade de pensar no que os outros pensam" teoria da mente na esquizofrenia
Outros títulos: revisão da literatura
Autor: Rocha, Joana
Fernandes, Carlos
Rocha, Nuno
Palavras-chave: Teoria da Mente
Esquizofrenia
Linguagem
Sistema de neurónios-espelho
Theory of Mind
Schizophrenia
Language
Mirror Neurons System
Data: 2010
Editora: Edições Universidade Fernando Pessoa
Citação: Cadernos de Comunicação e Linguagem.ISSN 1647-3485. Vol 2 (2010) 103-114.
Relatório da Série N.º: Cadernos de Comunicação e Linguagem;Vol 02 (2010)
Resumo: O uso da Linguagem envolve uma série de regras conversacionais que implica a capacidade de inferir sobre os estados mentais dos outros. Esta capacidade metacognitiva designa-se de Teoria da Mente (TM) e tem sido estudada mais rigorosamente nas últimas décadas. A literatura aponta que esta competência se encontra severamente perturbada na doença mental severa (e.g. Esquizofrenia), pelo que os objectivos do presente trabalho se resumem à caracterização da TM, da relação que esta estabelece com a linguagem, e como se encontra perturbada especificamente na Esquizofrenia. Parece também existir uma ligação relevante entre TM e os neurónios-espelho (Mirror Neurons) que fortalece esta discussão. Em relação à avaliação da TM, esta não é considerada uma tarefa linear, pelo que existem diferentes instrumentos para este fim, sendo que cada um incide numa competência específica de TM. Por último, dado que na Esquizofrenia existem défices ao nível da TM e no uso da linguagem, é também apontada a necessidade de incluir estas competências no desenho de programas de reabilitação psiquiátrica. The pragmatics use of language requires specific conversational rules that are related to the ability to attribute mental states to others. This meta-cognitive capacity has been largely studied in the last decades, and it is commonly defined as Theory of Mind (TM). Literature shows that TM is impaired in severe mental disorders (e.g. Schizophrenia), so the purpose of this paper is to define TM and it´s relation to language, and how it appears to be specifically impaired in Schizophrenia. It seems that there is also an important relation between TM and Mirror-Neurons, relevant to this discussion. Assessing TM has some difficulties and limitations, and there are several instruments designed to assess TM skills. As a conclusion, there are some references to the importance of cognitive remediation in these patients, because in schizophrenia we found deficits in theory of mind and language use, so these can be important targets of psychosocial treatments programs.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2966
ISSN: 1647-3485
Aparece nas colecções:Cadernos de Comunicação e Linguagem - Vol 02

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
103-114.pdf104,49 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.