Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2951
Título: O papel dos “Stakeholders” e a gestão da marca de destinos turísticos
Outros títulos: o caso da Região Autónoma da Madeira
Autor: Alves, Maria Nélia Ascensão Alves Rodrigues
Orientador: Costa, Jorge
Salazar, Ana
Palavras-chave: Marketing estratégico destinos turísticos
Marca destinos turísticos
Stakeholders
Diferenciação
Sustentabilidade
Brand Management
Tourist Destinations
Brand
Stakeholders
Differentiation
Sustainability
Data de Defesa: 2012
Editora: [s.n.]
Resumo: Esta dissertação objectiva aferir o papel dos stakeholders-chave na gestão da marca do destino turístico Madeira. Para atingir os objectivos propostos seguiu-se uma pesquisa qualitativa com recolha de dados via entrevistas dirigidas a uma amostra não probabilística, seleccionada por julgamento, tendo-se obtido 11 respostas válidas de stakeholders representativos do sector turístico da Madeira. Identificaram-se como factores diferenciadores a natureza, paisagem, clima, hospitalidade e qualidade de serviços. As fontes de valor são, primordialmente, benefícios emocionais assentes numa cultura turística de bem receber e o posicionamento é referenciado como um destino de qualidade, associado à natureza, com uma personalidade sincera e sofisticada e vocacionado a um segmento médio/alto. Salientou-se a necessidade urgente de uma comunicação mais dinâmica da marca com forte aposta nos factores únicos e diferenciadores identificados, os quais deverão consistentemente orientar valores e acções de todos os intervenientes na cadeia de valor. Os stakeholders-chave primordiais referenciados foram a Secretaria Regional de Turismo, Associação de Promoção da Madeira e Turismo de Portugal. No entanto, registou-se consciência da responsabilidade e importância dos demais stakeholders que, conforme modelo de diagnóstico de stakeholders de Savage et al., são identificados como ambíguos por revelarem tanto disponibilidade de apoio à marca como potencial para a ameaçar. Consequentemente, a estratégia a adoptar pelos stakeholders primordiais é uma de envolvimento e cooperação junto de todos os intervenientes. Referenciou-se a necessidade de uma auditoria actualizada ao sector, rejuvenescimento do produto turístico, manutenção da cultura turística e de um novo modelo de gestão co-partilhado por todos os intervenientes. Conclui-se que o turismo da Madeira beneficiará de um Plano Estratégico co-criado por todos os stakeholders, assumindo um compromisso de adopção da marca numa óptica de alianças estratégicas, como garante da sustentabilidade do sector turístico da Região Autónoma da Madeira. This dissertations aims to evaluate the role of key stakeholders in the management of the Madeira Island brand; To achieve the proposed goals a qualitative research was followed with data collection via interviews addressed to a non probabilistic sample, selected by judgment, having been obtained valid responses from 11 stakeholders’ representative of Madeira Island tourism industry. As differentiation factors nature, landscape, climate, hospitality and the quality of services were empathized. The sources of value are, primarily, emotional benefits based on a culture of hospitality and warm welcome and the positioning is referred to as a quality destination, associated with nature, with a sincere and sophisticated personality with vocation for a mid/high segment. Highlighted was the urgent need for a more dynamic communication of the brand with strong focus on the unique differentiation factors identified, which should consistently guide values and actions of all stakeholders of the value chain. The primary key Stakeholders referenced were the Madeira Tourism Department, the Promotion Bureau and Tourism of Portugal. However, it was highlighted the awareness of the importance and responsibility of all stakeholders and, according to the Stakeholders’ diagnostic Model by Savage et al., these were identified as ambiguous as they reveal having availability to support the brand but may, as well, be a potential treat to it. Consequently, the strategy to be adopted by primary stakeholders is one of involvement and cooperation towards all stakeholders. It was emphasised the need for an updated audit to the tourism sector, rejuvenation of the product, maintenance of tourism culture and of a new management model co-shared by all stakeholders. It is concluded that Madeira Tourism would benefit from a Strategic Plan co-created by all stakeholders, a commitment assumed by all to adopt the brand in a perspective of strategic alliances built to ensure the sustainability of the tourism sector in the Autonomous Region of Madeira.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Empresariais.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2951
Aparece nas colecções:FCHS (DCEC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_20768.pdf1,2 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.