Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2833
Título: Variáveis explicativas do sucesso escolar
Outros títulos: um estudo no 3.º ciclo do ensino básico
Autor: Paiva, Maria Olímpia Almeida de
Rosa, Victor M. P. Da
Lourenço, Abílio Afonso
Palavras-chave: Comportamento disruptivo
Sucesso académico
Autoconceito
Disruptive behavior
Academic achievement
Self-concept
Data: 2010
Editora: Edições Universidade Fernando Pessoa
Citação: Revista da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais. Porto. ISSN 1646-0502. 7 (2010) 378-390.
Relatório da Série N.º: Revista da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais;7 (2010)
Resumo: Estudou-se o papel explicativo do autoconceito nos comportamento disruptivo dos alunos, bem como a influência destes no sucesso académico. A amostra é constituída por 217 alunos do 3.º Ciclo do Ensino Básico do centro do Porto. Foi utilizada a Escala da Disrupção Escolar Professada pelos alunos (EDEP) e a Escala de Autoconceito – “Piers-Harris Children’s Self-Concept Scale-2” (PHCSCS-2). Os resultados sugerem que os alunos com autoconceito mais elevado manifestam menos comportamentos disruptivos (β=-.23), bem como melhor rendimento escolar (β=-.30). Por sua vez, o autoconceito exerce uma influência directa e positiva sobre as notas. Das variáveis em estudo, as Notas (14%) e o Autoconceito (13%) são as mais explicadas no modelo. Poder-se-á ainda inferir que os alunos que apresentam um maior número de reprovações são os que investem menos tempo no seu estudo (α=-.19), como também apresentam metas escolares menos ambiciosas (α=-.21). This article studies the impact of self-concept in disruptive behavior, as well as the influence of these behaviors on academic achievement. A sample of 217 middle school students was selected in Oporto. We used the Disruptive Behavior Scale Professed by Students (DBS-PS) and the Scale of Self-concept – “Piers-Harris Children’s Self-Concept-2” (PHCSCS-2). The results suggest that students with higher self-concept show less disruptive behavior (β=-.23), and a better performance in school (β=-.30). In turn, the self-concept exerts a direct and positive influence on the Academic achievement. Of the variables studied, the grades (14%) and Self –concept (13%) are the more explained in the model. It might even be inferred that students who have an increased number of failures are those that invest less time in their study (α =-. 19), but also have less ambitious school goals (α =-. 21).
URI: http://hdl.handle.net/10284/2833
ISSN: 1646-0502
Aparece nas colecções:FCHS - Número 07 (2010)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
378-390.pdf740,96 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.