Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2827
Título: As vivências do adulto com diabetes mellitus tipo 2 relativamente à gestão do regime terapêutico
Autor: Azevedo, Helena Maria Cruz
Orientador: Rodrigues, Júlia
Palavras-chave: Vivências
Adulto
Diabetes Mellitus tipo 2
Gestão do regime terapêutico
Experiences
Adult
Diabetes Mellitus type 2
Management of therapeutic regimen
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: A Diabetes é uma doença cuja incidência tem vindo a aumentar a nível mundial. Os enfermeiros têm um papel importante na promoção de estilos de vida saudáveis de forma a evitar o aparecimento das complicações relacionadas com esta doença. Para isso importa conhecer os hábitos de vida dos diabéticos para assim adequar as intervenções de enfermagem. Nesse sentido foi efectuado o presente trabalho de investigação que tem como objectivo principal conhecer as vivencias do diabético adulto relativamente à gestão do regime terapêutico nas suas vertentes alimentação, exercício físico, auto-vigilância da glicemia capilar, auto vigilância dos pés, terapêutica farmacológica e hábitos tabágicos. Foi efectuado um estudo do tipo quantitativo descritivo na instituição de saúde onde a autora exerce as suas funções. A amostra foi obtida de forma não probabilística acidental e constituída por 63 indivíduos. Como método de colheita de dados foi utilizado o “Questionário de Avaliação das Actividades de Auto-Cuidado com a Diabetes”, versão traduzida e adaptada para Portugal por Bastos e Lopes (2004), da escala “Summary of Diabetes Self-Care Activities Measure- SDSCA” de Glasgow, Toobert, Hampson (2000). Os resultados obtidos, revelam que a alimentação e o exercício são as actividades em que os diabéticos apresentam níveis de adesão mais baixos. Relativamente à autovigilância dos pés, os resultados apontam para níveis médios de adesão que contrastam com a inspecção do calçado, onde os níveis de adesão são mais baixos. A autovigilância da glicemia capilar apresenta bons níveis de adesão. Verificou-se no estudo efectuado que a grande maioria dos diabéticos nunca fumou e existe uma percentagem considerável de ex-fumadodes. A terapêutica medicamentosa é uma actividade cujos níveis de adesão são muito elevados. Face aos resultados obtidos, sugere-se um maior investimento por parte dos enfermeiros na educação para a saúde a efectuar a estes utentes. Outra medida interessante seria a dinamização de grupos para a prática de exercício físico específico, nas localidades. Diabetes is a disease whose incidence has increased worldwide. Nurses have an important role in promoting healthy lifesytles which promote skills that help these patients avoid the appearance of complications related to this disease. Therefore , it is important to know the the health habits of diabetics for nurses to adequately intervene. In this sense, the present research study was carried out and its main goal is to determine the skills of diabetic adults in terms of management of their treatment regime, nutrition, physical exercise, self-monitoring of blood-glucoe, foot care, medication taking and smoking habits. A qualitative descriptive type of study was conducted at the health institution where the author works. The sample was obtained in a non-accidental probablistic form and consisted of 63 individuals. The method used for data collection was the following questionnaire "Summary of Diabetics Self-Care Activities Measure- SDSCA " of Glasgow, Toobert, Hampson (2000). The results demonstrate that diet and exercise are the activities in which diabetics have lower levels of adherence. As for checking one´s feet, the results indicate average levels of adherence whereas the inspection of footwear has an even lower adherence level. Self-monitoring of blood-glucose showed good levels of adherence. It was found in the study that a vast majority of diabetics never smoked and there is a considerable percentage of former smokers. Medication taking is an activity where there is a considerably high adherence level. Taking into account the results, there needs to be a greater investment in delivering health care education to these clients. Another interesting measure of intervention would be the organization of group activities that involve physical exercise in a specific location.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Enfermagem
URI: http://hdl.handle.net/10284/2827
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
T_24563.pdf3,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.