Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2814
Título: Vectores Lipídicos para administração tópica de Corticosteróides
Autor: Janeiro, Ana Isabel
Orientador: Martins, Carla
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: As patologias inflamatórias da pele (e.g. dermatite, psoríase) requerem frequentemente administração tópica de corticosteróides. Os vectores lipídicos, como os lipossomas, as emulsões, as microemulsões e as nanopartículas lipídicas, são frequentemente utilizados na via tópica, sendo vantajosos pois diversos compostos apresentam uma boa solubilidade em lípidos. Deve ser também referida a inocuidade destes vectores, que por serem semelhantes aos lípidos fisiológicos e biodegradáveis, não irritam a pele e supõe-se apresentarem uma toxicidade reduzida. O presente estudo, realizado no âmbito da Tecnologia Farmacêutica, teve como objectivo o desenvolvimento e caracterização de um vector lipídico nanoestruturado (NLC) para aplicação tópica do propionato de fluticasona. Neste sentido, avaliou-se a solubilidade de diversas concentrações do fármaco em dois lípidos líquidos. Posteriormente, testou-se as compatibilidades de diversos lípidos sólidos com o lípido líquido seleccionado (Cetiol® HE). Pelo método da microemulsão a quente, preparou-se uma formulação placebo com nanopartículas de lípidos sólidos (SLN), contendo álcool cetílico como lípido sólido. Utilizando igual método, o mesmo lípido sólido, e como lípido líquido, o Cetiol® HE, foi preparada outra formulação placebo contendo NLC. Um segundo par de formulações contendo NLC foi desenvolvida, devido à fraca estabilidade do primeiro. Para tal, utilizou-se o lípido sólido Dynasan® e o lípido líquido Cetiol® HE. Após preparação, as partículas das formulações foram medidas por espectrofotometria de correlação fotónica. O primeiro par de formulações SLN e NLC apresentou diâmetros médios de partícula de 2850 nm e 600,1 nm, respectivamente, com índices de polidispersão de 0,314 e 0,629. Para o segundo par de formulações, o diâmetro de partícula da formulação de NLC placebo foi de 3009 nm e para a formulação NLC com fármaco foi de 1105 nm. Os respectivos índices de polidispersão foram de 1 e de 0,796. A toxicidade do segundo par de formulações foi avaliada através de testes realizados em Drosophila melanogaster, tendo sido observada genotoxicidade para as formulações NLC contendo propionato de fluticasona, nas concentrações testadas. Inflammatory pathologies of the skin (e.g. dermatitis, psoriasis) frequently require topic delivery of corticosteroids. Lipid vectors, such as liposomes, emulsions, microemulsions and lipid nanoparticles are frequently used in topic administration, being advantageous since several compounds present a good solubility in lipids. It must also be mentioned the innocuousness of these vectors, that being physiologic and biodegradables do not irritate the skin and are likely to have reduced toxicity. The purpose of this study was, in the scope of pharmaceutical technology, the development and characterization of a nanostructured lipid carrier (NLC) for topic administration of fluticasone propionate. In this sense it was evaluated the solubility of several concentrations of the drug in two liquid lipids. Subsequently a compatibility screening of several solid lipids with the selected liquid lipid (Cetiol® HE) was also realized. From this study a placebo formulation with solid lipid nanoparticles (SLN) was prepared with the solid lipid, Cetyl Alcohol, using the method of hot microemulsion. By means of the same method and solid lipid and using Cetiol® HE as the liquid lipid a placebo formulation with NLC was prepared. A second pair of NLC formulations was developed due to the lack of stability of the first, containing Dynasan® as solid lipid and Cetiol® HE as liquid lipid. The particles of the formulations were measured by photon correlation spectroscopy at 25ºC (PCS, Malvern Zetasizer Nanoseries). For the first pair of formulations SLN and NLC it was respectively obtained a mean particle size of 2850 nm and 600.1 nm with a polydispersity index of 0.314 and 0.629. For the second pair the mean particle size was of 3009 nm for the placebo NLC and 1105 nm for the NLC with drug. The respective polydispersity indexes were of 1 and 0.796. The toxicity of the second pair of formulations was evaluated through tests realized in Drosophila melanogaster, being observed genotoxicity for the tested concentrations of NLC formulations with fluticasone.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Ciências Farmacêuticas.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2814
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
T_14287.pdf1,17 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.