Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2795
Título: Dificuldades dos alunos do Curso Licenciatura em Enfermagem na gestão de conflitos
Autor: Pinto, Ana Cláudia Albino
Orientador: Abreu, Maria José
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: O presente estudo intitulado “Dificuldades dos alunos de 4º ano do CLE da UFP na gestão de conflitos” tem como objectivo geral conhecer as dificuldades sentidas pelos alunos de 4º ano de Enfermagem da Universidade Fernando Pessoa na gestão de conflitos. O tema é actual e pertinente pois está presente tanto na vida pessoal como profissional dos enfermeiros, e seguramente que o desenvolvimento de competências na gestão de conflitos contribui para melhorar as relações interpessoais do utente/família e equipa de saúde. A ocorrência de conflitos está presente no quotidiano do ser humano, e para que se possam superar, é necessário saber lidar com eles e, consequentemente, fazer a sua gestão. A questão de investigação que deu origem à problemática deste estudo foi: “Quais as dificuldades sentidas por parte dos alunos de Enfermagem de 4º ano na gestão de conflitos?” Pela sua natureza, o presente estudo insere-se num estudo exploratório/descritivo, transversal e quantitativo. A população-alvo é constituída pelos alunos de 4º ano da Licenciatura em Enfermagem da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Fernando Pessoa do Porto. A amostra é constituída por 50 alunos do CLE da UFP, sendo o método de colheita de dados utilizado um questionário. Os resultados obtidos revelam que, na opinião dos elementos da amostra os conteúdos abordados sobre gestão de conflitos forneceram contributos e corresponderam às expectativas dos alunos, sendo a sua abordagem suficiente. A maioria das situações conflituais ocorrem devido à existência de feitios diferentes entre as pessoas, e ocorrem com grupos de ligação mais directa como a família e os amigos, contudo, são capazes de resolver os conflitos sozinhos sem recorrer a ajuda de terceiros. Relativamente às dificuldades sentidas na gestão dos conflitos destaca-se a dificuldade em saber lidar “desrespeito pelas regras”. Relativamente à forma como os inquiridos resolvem os seus conflitos, pode concluir-se que na sua maioria “tentam entender-se com a pessoa” Os inquiridos na sua maioria resolvem os conflitos sozinhos, e justificam “Através do diálogo”“Tenta resolver o conflito com a pessoa implicada”“Consegue resolver os conflitos sem recorrer a terceiros”“Obtenção de objectivos comuns a ambas as partes”“Tenta colocar-se na posição do outro”“Através da compreensão” “Através da reflexão” “Com ou sem razão, não continua com o conflito”“Através da tolerância e sensatez” “Se a ocasião for propícia”“Adopção de um comportamento assertivo”Tenta entender-se com o outro”. This study entitled “Difficulties of students in 4th grade of CLE in the UFP conflict management” has the overall objective to know the difficulties experienced by the students of 4th grade of Nursing at the UPF in conflict management. The theme is timely and relevant because it is present in both and professional life of nurses, and certainly the development of skills in conflict management contributes to improving interpersonal relationship of client/family and healthcare team. The occurrence of conflict is present in everyday human being, and so they can overcome, it is necessary to deal with them and hence make its management. The question of research which led to the problems of this study was: “What are the difficulties experienced by nursing students of 4th grade in conflict management?”. By its nature, the study is part of an exploratory/descriptive, transversal and quantitative. The target population consists of students of 4th grade Bachelor of Nursing, Faculty of Health Sciences at the UFP in Porto. The sample consists of 50 students of the UFP CLE, and the method of data collection used a questionnaire. The results show that, in the opinion of the contents of the sample elements discussed on conflict management and provided input to meet expectations of students, their approach is sufficient. Most conflict situations are due the existence of different shapes between people, groups and occur more direct link to family and friends, however, are able to solve their own conflicts without resorting to help from others. With regard to difficulties experienced in conflict management highlights the difficulty in coping “disrespect for the rules.” On how respondents resolved their conflicts, it can be concluded that most of them “try to get along with the person”. Respondents mostly resolve conflicts themselves, and justify “Through dialogue”, “Try to solve the conflict with the person involved” “Can you solve the conflicts without resorting to third parties” “Getting goals common to both parties” “Try putting on the other’s position” “Through understanding” “Through reflection” “Rightly or wrongly, does not continue with the conflict” “Through the grace and wisdom” “If the occasion is propitious” “Adoption of an assertive behavior” “Try to get along with each other”.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Enfermagem.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2795
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
T_18340.pdf702,27 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.