Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2710
Título: Hipomineralização Incisivo-molar
Outros títulos: prevalência e etiologia
Autor: Gonçalves, Filipa de Bastos Dantas Sousa
Orientador: Paiva, Elsa
Manso, M. Conceição
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: O termo Hipomineralização Incisivo – Molar (HIM), introduzido em 2001, é definido como uma hipomineralização de origem sistémica que afecta um a quatro primeiros molares permanentes frequentemente associado a opacidades nos incisivos permanentes (Weerheijm, 2003). Objectivo: Determinar a prevalência da Hipomineralização Incisivo-Molar e conhecer os possíveis factores etiológicos envolvidos. Métodos: A amostra foi constituída por 108 crianças dos terceiros e quartos anos do Agrupamento de Escolas António Feijó localizada em Ponte de Lima. A colheita de dados foi realizada através da observação intra-oral das crianças e através de um questionário aplicável às mães. Durante a observação registou-se presença de opacidades demarcadas, presença de restaurações atípicas, extracções dos primeiros molares permanentes devido a HIM, presença de fracturas de esmalte pós-eruptivas. Quando se verifica a falha de erupção de um primeiro molar ou de um incisivo estes foram excluídos. Para determinar possíveis factores etiológicos entregaram-se uns questionários às mães das crianças sobre o estado de saúde destas durante a gravidez e também relativamente ao estado de saúde das crianças durante os quatro primeiros anos de vida. Resultados: Das 108 crianças observadas 7,4% apresentam HIM. O período pré-natal não apresenta nenhum caso de HIM, relativamente ao período peri-natal, este apresenta 6 casos de HIM e por fim o Pós-natal apresenta 8 casos de HIM. Verificou-se que se encontraram mais molares afectados do que incisivos e que a maxila apresenta mais dentes afectados. Crianças com mais problemas médicos nos quatro primeiros anos de vida apresentam maior possibilidade de HIM. A toma de antibióticos é o problema mais comum no período pós-natal.Conclusão: A prevalência foi de 7,4%. Em relação à etiologia esta permanece inconclusiva sendo que neste estudo foi encontrado que: o período peri-natal associado ao período Pós-natal é o que apresenta um maior número de casos; crianças com mais problemas médicos nos quatro primeiros anos de vida apresentam maior possibilidade de HIM e a toma de antibióticos é o problema mais comum no período pós-natal. Contudo, são necessários mais estudos futuramente. The term hypomineralization Incisor - Molar (HIM), introduced in 2001, is defined as a systemic source hypomineralization that affects one to four first permanent molars often associated with opacities in the permanent incisors (Weerheijm, 2003). Objective: To determine the prevalence of hypomineralization Molar-Incisor and know the possible etiological factors involved Methods: The sample consisted of 108 children from third and fourth years of the Group of Schools Antonio Feijo located in Ponte de Lima. Data collection was performed through intraoral observation of children and through a questionnaire applied to mothers. During the observation there was presence of demarcated opacities, presence of atypical restorations, extractions of first permanent molars because of HIM, the presence of fractures in post-eruptive enamel. When there is failure of eruption of a first molar or incisor one they were excluded. To determine possible etiological factors have given themselves a questionnaire to the mothers about the health status of these during pregnancy and also for the health status of children during the first four years of life Results: Of the 108 children observed 7.4% have HIM. The prenatal period presents no case of IMH, in relation to the perinatal period, this presents six cases of IMH and finally the post-natal presents 8 cases of IMH. It was found that met more affected than molars and the maxillary incisors has more teeth affected. Children with more medical problems in the first four years of life are more likely to HIM. Taking antibiotics is the most common problem in the post-natal. Conclusion: The prevalence was 7.4%. Regarding the etiology of which remains inconclusive that this study found that: the perinatal period, associated with the postnatal period is the one with a larger number of cases, children with more medical problems in the first four years of life have a higher possibility HIM and taking antibiotics is the most common problem in the postnatal period. However, further studies are needed in the future.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/2710
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_16930.pdf850,01 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.