Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2679
Título: Dificuldades do cuidador informal da pessoa com Doença de Alzheimer
Autor: Araújo, Paula Marisa Costa
Orientador: Rodrigues, Júlia
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: A investigação científica constitui o método por excelência que permite adquirir novos conhecimentos. O processo consiste em examinar fenómenos com vista a obter respostas a questões determinadas que se deseja aprofundar (Fortin, 2009). De acordo com Roach (2003) a população idosa está a aumentar rapidamente e esse aumento condiciona uma maior prevalência de casos de DA, situação que constitui uma preocupação emergente. A DA é uma doença cerebral irreversível e gradual, clinicamente condiciona a uma demência degenerativa que é acompanhada por alterações mentais (Figueiredo, 2007). Este trabalho é do tipo exploratório – descritivo, de vertente qualitativa. Tem como objectivos: conhecer as dificuldades do cuidador informal da pessoa com a Doença de Alzheimer; identificar quais as barreiras que os cuidadores informais encontram; identificar a sua rede de suporte social e recursos. Utilizamos uma entrevista do tipo semi-estruturada com perguntas abertas como instrumento de colheita de dados, foi utilizado o método de amostragem não probabilística, por conveniência/acidental, realizada a cinco cuidadores informais de pessoas com DA. Os dados quantitativos da caracterização da amostra e da caracterização da pessoa com DA foram tratados no Microsoft Excel 2007 através de gráficos e percentagens. Os dados qualitativos referentes às dificuldades dos cuidadores informais foram sujeitos a análise de conteúdo e feita a sua categorização que se encontra organizada em quadros. Concluímos que os cuidadores sentem três tipos de dificuldade: a sobrecarga de trabalho, o desgaste físico e o desgaste emocional e psicológico. Sentem dois tipos de barreiras: a dependência física e a dificuldade económica. Há apenas um cuidador com apoio institucional, três sem conhecimento sobre os apoios existentes e um que não precisa. Scientific research is the best method which allows acquirement of new knowledge. The process is to examine phenomena in order to obtain answers to questions that someone wishes to explore (Fortin, 2009). According to Roach (2003) the elderly population is rapidly increasing and this fact rises the prevalence in cases of AD, causing an emerging concern. AD is an irreversible and gradual brain disease that clinically leads to a degenerative dementia that is accompanied by mental changes (Figueiredo, 2007). This work is an exploratory – descriptive, of qualitative aspects. The main objectives to be achieved are: to know the difficulties of the informal caregiver of the person with Alzheimer's disease; to identify what are the barriers that informal caregivers find; to identify their resources and social networks support. A semi-structured interview with open questions was used as a tool for collecting data and five informal caregivers of people with AD were recruited by a convenience/accidental non-probability sampling method. The quantitative data of the sample characterization and the characterization of the person with AD were treated in Microsoft Excel 2007 through graphs and percentages. Qualitative data regarding the difficulties faced by informal caregivers were subjected to content analysis and their categorization was made and is organized in tables. We conclude that caregivers feel three kinds of difficulty: work overload, the physical distress and psychological and emotional distress. They feel two kinds of barriers: physical dependence and economic difficulty. There is only one caregiver with institutional support, three didn´t have knowledge of the existence of support and one that doesn´t need support.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Enfermagem
URI: http://hdl.handle.net/10284/2679
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
T_18734.pdf1,03 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.