Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2673
Título: Opinião dos Adolescentes sobre a gravidez na adolescência
Autor: Vale, Joana Maria Araújo Ferreira do
Orientador: Abreu, Maria José
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: A gravidez na adolescência é uma problemática actual que ainda suscita polémica na sociedade, assim como a temática da educação sexual. Torna-se paradoxal o facto de, actualmente, a taxa de gravidez na adolescência ser considerável apesar de toda a informação existente e disponível. Deste modo, parece importante abordar a temática no sentido de tentar perceber como os próprios adolescentes vêm a gravidez na adolescência. Outra temática que tem sido abordada em estudos actuais, é a contracepção. Existe muita informação disponível para os jovens, e locais onde os métodos contraceptivos são fornecidos gratuitamente, no entanto continuamos a assistir a um aumento da gravidez na adolescência. Os técnicos de saúde, nomeadamente os enfermeiros, têm um papel importante nesta temática, uma vez que podem contribuir para a educação dos jovens que procuram ajuda, ou seja, a função do enfermeiro nesta área é fornecer informação sobre contracepção, confrontá-los com as consequências de uma gravidez na adolescência e esclarecer todas as dúvidas que surjam sobre sexualidade e contracepção. Assim, neste trabalho é abordado os factores que podem levar a uma gravidez na adolescência, as suas consequências a nível escolar e a imagem social que a gravidez nesta fase da vida possa implicar, pela perspectiva deles mesmos – os adolescentes. Estes dados foram adquiridos através de uma metodologia quantitativa e qualitativa, inserido num estudo exploratório – descritivo, numa amostra de 37 adolescentes com idades compreendidas entre 15 e 19 anos da Escola Secundária de Viriato – Viseu, tendo sido como instrumento de colheita de dados um questionário. Quanto aos resultados do estudo é possível concluir que os adolescentes possuem conhecimentos sobre a gravidez na adolescência e que apesar das habilitações literárias dos progenitores/tutores situarem-se ao nível da formação básica (4ª classe para os homens e 9º anos para as mulheres) e a nível económico a maioria situar-se no satisfatório, não constituiu motivo para a maioria da amostra não estar informada. Pode-se concluir que as sugestões apresentadas pelos adolescentes revelam grande responsabilidade e reflexão sobre a temática e que os resultados obtidos não vão de encontro á literatura consultada. A provável explicação poderá residir nas características da amostra estudada como as suas características socioculturais e a intervenção de outros agentes como os técnicos de saúde. Adolescent pregnancy is a current issue that still raises controversy in society, as well as the issue of sex education. It is paradoxical that, at present, the rate of teenage pregnancy to be considerable for all existing and available information. Thus, it seems important to address the issue in trying to understand how adolescents themselves have teenage pregnancies. Another theme that has been addressed in current studies is contraception. There is much information available to young people, and places of birth control methods are provided for free, yet we continue to see an increase in teenage pregnancies. Health workers, especially nurses, have an important role in this issue, since they can contribute to the education of young people seeking help, ie, the function of nurses in this area is to provide information about contraception, to confront them with the consequences of teenage pregnancy and to clarify any questions you may have about sexuality and contraception. Thus, this work was discussed and evaluated the factors that may lead to teen pregnancy, its consequences at school and the social image that pregnancy at this stage of life may lead, from the perspective of their own - teenagers. These data were acquired through a quantitative and qualitative methodology, inserted an exploratory study - descriptive of a sample of 37 individuals through the instrument of data collection a questionnaire. At the end of the work we observed that adolescents have the knowledge to prevent teen pregnancy and who are alert to the world around them. It can be concluded that the suggestions made by the adolescents showed great responsibility and reflection on the theme and the results will not meet the literature. The likely explanation may lie in the characteristics of the sample as their socio-cultural characteristics and the intervention of other agents such as health professionals.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Enfermagem
URI: http://hdl.handle.net/10284/2673
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
T_17830.pdf1,24 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.