Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2612
Título: Estudo In Vitro comparativo da odontometria electrónica e radiográfica convencional
Autor: Velho, Vitor Bruno da Silva Pereira Rocha
Orientador: Martins, Luís França
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: A determinação do correcto comprimento de trabalho é de primordial importância para a terapia endodôntica. No presente trabalho foi realizada uma pesquisa bibliográfica e um estudo in vitro com o objectivo de avaliar e comparar a precisão de dois métodos de obtenção do comprimento de trabalho – método radiográfico convencional e método electrónico –, comparando as medidas obtidas por estes, com as medidas do comprimento de trabalho real de cada dente. Para tal, foi constituída uma amostra de 30 dentes humanos anteriores (incisivos e caninos, maxilares e mandibulares) previamente extraídos. Após a realização de adequado acesso endodôntico e localização do sistema de canais, introduziu-se uma lima K #20 até a ponta ser visível além do forame apical, de seguida recuou-se até a ponta ficar tangente ao forame apical e ajustou-se o cursor de borracha a uma referência oclusal, previamente marcada. Ao valor obtido, através da medição da lima, subtraiu-se 0,5 mm, para assim se obter o comprimento de trabalho real a 0,5 mm do forame apical. Para a obtenção do comprimento de trabalho pelo método radiográfico convencional foi utilizado o método de Ingle. Onde as radiografias de odontometria foram realizadas pela técnica do paralelismo num modelo experimental. Após o processamento radiográfico efectuou-se os cálculos necessários até a ponta da lima coincidir com o ápice radiológico, ao valor obtido subtraiu-se 0,5 mm, obtendo-se o comprimento de trabalho radiológico. Na determinação do comprimento de trabalho electrónico foi utilizado um modelo experimental especialmente desenvolvido para testar localizadores apicais. Este modelo utiliza o alginato como meio condutor, onde os dentes foram fixados até a junção amelo-dentinária num recipiente de plástico contendo alginato. As medidas electrónicas foram obtidas pelo aparelho Root ZX (J.Morita), onde limas K #20 foram inseridas nos canais radiculares até que, no visor do localizador apical, atingissem a marca correspondente à posição da ponta da lima aquém 0,5 mm do FA, Nesta fase as limas foram limitadas pelos cursores de borracha às referência oclusais. Retiradas as limas obteve-se o valor do comprimento de trabalho electrónico. Os resultados obtidos apresentam diferenças estatisticamente significativas (p<0,05) em ambos os métodos (radiográfico e electrónico) utilizados para obtenção dos comprimentos de trabalho a 0,5 mm aquém do FA, quando comparados com os comprimentos de trabalho reais. Tendo o método electrónico obtido resultados mais próximos dos reais, apresentado 73,3 % de precisão para um intervalo de 0,5-1 mm aquém do FA. The determination of the correct working length is of primordial importance to the endodontic therapy. In the present work was performed a bibliographic research and an in vitro study aiming the evaluation and comparison of the accuracy of the two methods of attainment of the working length – the conventional radiographic method and the electronic method –, by confronting the obtained measures to the ones of the real working length of each tooth. For that, it has been set up a sample of 30 front human teeth (incisors and canines, maxillary and mandibular teeth) previously extracted. After the accomplishment of the endodontic adequate access and the location of the canal system, it has been inserted a K#20 file until its tip was visible beyond the apical foramen. Then, it has been moved backwards till its tip got tangent to the apical foramen and the rubber stop has been adjusted to an occlusal reference previously marked. At the attained value, through the file measurement, it has been subtracted 0,5mm so that the real work length could be achieved at 0,5mm from the apical foramen. In order to obtain the working length by the conventional radiographic method, it has been used the Ingle method in which the odontometric x-rays were accomplished using the parallelism technique in an experimental model. After the radiographic processing, the necessary calculations have been carried out till the file tip coincided with the radiological apex. At the obtained value, it has been subtracted 0,5 mm to get the radiological working length. In order to determine the electronic working length, it has been used an experimental model, especially developed to test apical locators. This model uses the alginate as a conductor mean, embedding the teeth until the dental-enamel junction in a plastic container holding alginate. The electronic measures were obtained by the Root ZX device (J. Morita) in which K#20 files were inserted into the radicular canals till, in the apical viewfinder, they reached the correspondent mark of the file tip position 0,5mm short of the AF (apical foramen). In this phase, the files were limited by the rubber stops to the occlusal references. Removed the files, it has been achieved the electronic working length. The results show statistically significant differences (p<0.05) in both methods (radiographic and electronic) used to obtain the working length of 0.5 mm short of AF, when compared with the real working lengths. Having the electronic method obtained results closer to real, presenting 73,3 % of accuracy to an interval of 0,5 - 1mm short to AF.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2612
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_7778.pdf753,51 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.