Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2591
Título: Regeneração periodontal
Outros títulos: proteínas de matriz de esmalte vs Regeneração tecidular guiada
Autor: Pereira, Sylvie Gomes
Orientador: Pinho, Mónica Morado
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: Objectivo: Comparar a eficácia da regeneração tecidular guiada com as proteínas de matriz de esmalte quando aplicadas no tratamento de defeitos ósseos e lesões de furca, bem como avaliar um possível benefício na sua utilização conjunta. Material e métodos: A realização deste trabalho foi efectuada a partir da recolha de diversos estudos publicados entre 1999 e Março de 2011, através de uma procura realizada na base de dados da MEDLINE. A pesquisa para os defeitos ósseos foi efectuada com a utilização das palavras-chave “guided tissue regeneration”, “enamel matrix derivative proteins”, “intrabony defects”, “infrabony defects”, “periodontal defects” e “vertical bone defects”, limitando a busca para meta-análises. Numa segunda étapa, visto que as meta-análises existentes apenas apresentavam estudos publicados até 2008, foi realizado uma pesquisa suplementar e incluídos apenas ensaios clínicos randomizados publicados entre 2008 e Março de 2011. Para as lesões de furca, as palavras-chave utilizadas foram: “furcation defects”, “enamel matrix proteins” e “guided tissue regeneration”, limitando a busca para ensaios clínicos randomizados, uma vez que não existem meta-análises referentes a estudos de comparação entre a regeneração tecidular guiada e as proteínas de matriz de esmalte para o tratamento destes defeitos. Resultados: A pesquisa realizada para os defeitos ósseos identificou inicialmente 31 estudos. Com base na leitura do título e do resumo dos trabalhos foram incluídas 5 meta-análises. A pesquisa realizada para a recolha dos ensaios clínicos randomizados identificou 18 estudos, dos quais apenas 3 compreendiam os critérios previamente estabelecidos. Para as lesões de furca, a pesquisa identificou inicialmente 77 estudos. No fim do processo de triagem, foram incluídos 14 estudos sobre o tratamento de lesões de furca, distribuídos pelas diferentes modalidades terapêuticas utilizadas. Conclusões: Tanto a regeneração tecidular guiada como as proteínas de matriz de esmalte são técnicas regenerativas eficazes no tratamento de defeitos ósseos e lesões de furca de classe II mandibulares. A combinação da regeneração tecidular guiada com as proteínas de matriz de esmalte não parece apresentar vantagens significativas na melhoria dos resultados clínicos quando comparada com a utilização destes tratamentos de forma isolada. Aim: To compare the effectiveness of guided tissue regeneration with enamel matrix proteins when applied in the treatment of bone and furcation defects and to evaluate a possible benefit in using them together. Material and methods: This study was carried out from a collection of several studies published between 1999 and March 2011, through a search conducted in the MEDLINE database. The search for the bone defects was performed using the following keywords: “guided tissue regeneration”, “enamel matrix derivative proteins”, “intrabony defects”, “infrabony defects”, “periodontal defects” and “vertical bone defects”, limiting the search for meta-analysis. In a second step, as the meta-analysis only included studies publish until 2008, an additional research was conducted including only randomized clinical trials published between 2008 and March 2011. For the furcation defects, the keywords used were: “furcation defects”, “enamel matrix proteins” e “guided tissue regeneration”, limiting the search to randomized clinical trials, as there are no meta-analysis of studies concerning the comparison between guided tissue regeneration and enamel matrix proteins for the treatment of these defects. Results: The initial search for bone defects identified 31 publications. Based on the title and the summary of the studies, 5 meta-analysis were included. The search for the collection of randomized clinical trials identified 18 studies, of which only three were according to the previous criteria established. For the furcations defects, the search identified 77 studies. At the end of the screening process, we included 14 studies on the treatment of furcation defects, distributed by different therapeutic modalities used. Conclusions: Both guided tissue regeneration and enamel matrix proteins are effective regenerative techniques in treating bone defects and mandibular class II furcation defects. The combination of guided tissue regeneration with enamel matrix proteins does not appear to provide significant advantages in improving clinical outcomes when compared with the use of these treatments alone.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2591
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_16563.pdf615,63 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.