Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2582
Título: Os sentimentos apresentados pelos alunos do 3º ano do Curso de Licenciatura em Enfermagem 2010/2011 da Faculdade Ciências da Saúde da Universidade Fernando Pessoa – Porto perante a morte em ensino clínico
Autor: Morais, Luís Filipe Santos
Orientador: Cardoso, Filomena
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: A morte, pelo seu carácter inevitável e apenas prorrogável reveste-a dos mais variados sentimentos. Não é consensual a atitude perante a morte de outrem. O enfermeiro é aquele que, pelas características das suas funções, lida com mais frequência com a morte. Por considerar de fulcral importância a melhoria da atitude perante a morte, com as respectivas repercussões quer a nível pessoal quer profissional, este estudo surge para dar resposta à seguinte questão “Quais os sentimentos apresentados pelos alunos do 3º ano do Curso de Licenciatura em Enfermagem 2010/2011 da Faculdade Ciências da Saúde da Universidade Fernando Pessoa – Porto perante a morte em ensino clínico.” O objectivo é conhecer os sentimentos, pois, consideramos que só conhecendo este processo e as suas implicações poderemos estruturar e conceber a morte como um processo natural. Por outro lado parece-nos importante perceber qual a extensão e implicação da morte de um doente para a vida pessoal e profissional do estudante de enfermagem. Por forma a levar a bom termo este projecto foi efectuado um estudo descritivo-exploratório e transversal, com uma abordagem qualitativa e quantitativa, com recurso a um questionário aplicado a uma amostra acidental de vinte e quatro alunos. A amostra é na sua maioria do género feminino sendo a média de idades entre os 20-24 anos. A maior percentagem refere contacto prévio com a morte relativamente ao ensino clinico considerando que esse contacto simplificou a forma como encarou a morte ocorrida já em ensino clinico. É de salientar que o contacto com a morte ocorreu, na sua maioria no serviço de Medicina. Após o contacto com a morte, a maioria não necessitou de apoio de outrem. Os resultados obtidos confirmam existir uma diversidade e multiplicidade de sentimentos aquando da vivência da morte, dando-se enfâse ao sentimento de tristeza, impotência e respeito. Por outro lado e apesar de a maioria revelar não ter ocorrido alteração de sentimentos quer a nível profissional, quer a nível pessoal, verifica-se ainda, que uma percentagem substancial, refere impacto ao nível profissional e pessoal. Por fim, salientamos o enriquecimento pessoal e embora numa fase inicial, enriquecimento profissional, e esperamos que, a consciencialização desta realidade possa contribuir para a mudança de comportamentos menos apropriados. Por outro lado, com este trabalho constatou-se a importância da investigação na profissão de enfermagem, prevendo assim o aperfeiçoamento da prática de cuidados de excelência. The death, by his character and inevitably generates a variety of emotions. The attitudes towards the death of another are not consensual. The nurse is the one, by the characteristics of his duties, dealing more often with death. Considering the primal importance improving the attitude towards death, with their repercussions both the personal and professional level, this study appears to answer the following question: “What are the feelings experienced by students in the third year of the nursing graduation 2010 / 2011, Faculty of Health Sciences, University Fernando Pessoa -Porto facing death in clinical teaching.” The purpose is knowing the feelings, because we believe that only knowing the process and its implications can we structure and conceive of death as a natural process. In the other side, it seems important to realize what’s the extension and implication of the death of a patient in a personal and professional life of the nursing students. In order to successfully complete this project was carried out a descriptive-exploratory and transversal study with a qualitative and quantitative approach, using a questionnaire applied to a random sample of twenty-four students. The sample, mostly females with an average age between 20-24 years. The largest percentage refers to a previous contact with death for the clinical teaching whereas the contact simplified the way already faced death occurred in clinical teaching. Noted that the contact with death has occurred mostly in the service of Medicine. After contacting with death, most of the inquired haven’t needed support from others. The results confirm there is a diversity and multiplicity of feelings during the experience of death, giving emphasis to the feeling of sadness, helplessness and respect. Furthermore, and although most have occurred not reveal alteration of feelings either at a professional level or personal level, there is still a substantial percentage, refers to the impact professional and personal level. Finally, we emphasize personal enrichment and although initially, professional enrichment, and we hope that awareness of this reality can contribute to the change of behavior less suitable. For the nurses, thus predicting the improvement of the practice care excellence.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciado em Enfermagem
URI: http://hdl.handle.net/10284/2582
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
T_17866.pdf963,19 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.