Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2580
Título: Avaliação do impacto da ergonomia na prática clínica dos alunos de Medicina Dentária da UFP
Autor: Teixeira, Ana Carolina Dias Cardoso
Orientador: Costa, Liliana
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: Segundo Possami et al. 2004, o conceito de ergonomia odontológica é definido como: “a aplicação dos conceitos de ergonomia à prática odontológica, com o objectivo de adaptá-la, de acordo com as características do trabalho do profissional, visando maior conforto no trabalho, prevenção do stress e diminuição dos sintomas de dor e/ou parestesia e afecções músculo-esqueléticas relacionadas ao trabalho do Médico Dentista”, (Martins, 2008). Têm sido feitos importantes avanços na aplicação da Ergonomia na Medicina Dentária nos últimos anos. No entanto não houve uma eficiente aplicação de medidas preventivas em relação à profissão do Médico Dentista, pelo que é necessário identificar os factores de risco para delinear estratégias de prevenção adequadas, (Diaz-Caballero, Gómez-Palencia e Díaz-Cárdenas, 2010). “Os Médicos Dentistas devem consciencializar-se em relação ao cuidado do seu maior património: o seu próprio corpo”, (Graça, Araújo e Silva, 2006). A elaboração desta dissertação, intitulada “Avaliação do impacto da Ergonomia nos alunos de Medicina Dentária da UFP”, tem como objectivos: avaliar a importância que os alunos atribuem aos princípios ergonómicos na sua prática clínica; Avaliar se adoptam medidas preventivas, para evitar o aparecimento de dor; Avaliar se identificam os factores causais de dor, físicos e/ou psicossociais; Avaliar se a prática de medidas preventivas está relacionada com a presença de dor; Avaliar se os factores psicossociais como o stress estão relacionados com a presença de dor. Na metodologia adoptada optou-se pela realização de um estudo observacional, de delineamento transversal, pela aplicação de um questionário de auto-preenchimento aos alunos da Clínica Pedagógica de Medicina Dentária da UFP, inscritos nos 4º e 5º anos do Mestrado Integrado em Medicina Dentária. A amostra final foi de 161 alunos. Após a realização desta monografia acreditamos ter contribuído para o ainda insuficiente debate existente em relação aos alunos de Medicina Dentária. Mais ainda obtivemos resultados que comprovam que embora a prática destes alunos seja limitada e restrita a determinados horários os alunos já apresentam sintomatologia dolorosa, ainda na Faculdade, apesar de estarem conscientes dos princípios ergonómicos que devem respeitar. According to Possami et al. 2004, the concept of dental ergonomics is defined as: "the application of the concepts of ergonomics to the dental practice, in order to adapt it according to the characteristics of the professional’s work, seeking comfort at work, stress prevention and reduction of symptoms of pain and / or paresthesia and musculo-skeletal disorders related to the work of the dentist", (Martins, 2008). Recently important advances have been made in the application of ergonomics in dentistry. However there wasn´t an effective application of these preventive measures regarding the profession of the dentist so it is necessary to identify risk factors in order to achieve appropriate prevention strategies, (Diaz-Caballero, Gómez-Palencia e Díaz-Cárdenas, 2010). Dentists should de aware in what regards taking care of their most important heritage: their own body”, (Graça, Araújo e Silva, 2006). The major objectives of this dissertation entitled "Evaluation of the impact of ergonomics in dentistry students of the UFP" were: to assess the importance students’ attach to ergonomic principles in their clinical practice, to assess whether they adopt preventive measures to avoid the appearance of pain; to evaluate if they identify physical and/or psychosocial risk factors responsible for pain; to assess whether the practice of preventive measures is related to the presence of pain; to assess whether psychosocial factors such as stress are related to the presence of pain. We conducted an observational, cross-sectional study by applying a self-completion questionnaire to students in the Teaching Clinic of Dental Medicine, UFP, enrolled in the 4 th and 5 th year of the MSc in Dental Medicine. The final sample consisted of 161 students. After this study we believe to have contributed to the still insufficient existing debate concerning dental students. Moreover we found that although the practice of students is limited and restricted to certain hours the students already have painful symptoms, even in college, although they are aware of the ergonomic principles that must be respected.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2580
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_15158.pdf983,78 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.