Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2576
Título: Estudo das perspectivas da utilização de piercings e tatuagens por uma população de estudantes universitários na área da Medicina Dentária
Autor: César, Rui Manuel Ribeiro
Orientador: Salgado, Abel
Palavras-chave: Piercings
Tattoos
Arte corporal
Prevalência do uso de piercings e tatuagens
Body art
Prevalence of piercings and tattoos
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: Introdução: A arte corporal serve como expressão da personalidade, buscando aceitação do grupo e demonstração de atitude descomprometida, deixando uma impressão permanente, como é o caso das tatuagens e dos piecings e tem sido praticada há séculos por diversos grupos étnicos. A prevalência do uso de piercings pelos estudantes universitários é de 51% enquanto que o uso de tatuagens por estes é de 22%. Objectivo: O objectivo deste estudo, foi a determinação de conhecimentos e atitudes relativas à utilização de piercings ou tatuagens por um grupo de universitários na área da Medicina Dentária. Material e Métodos: Foi realizada uma pesquisa bibliográfica nos últimos 10 anos, no Pubmed, Scielo e B-on, cruzando as palavras chave e utilizando a língua Inglesa, Espanhola e Portuguesa. No ano 2009/ 2010 durante as jornadas de Medicina Dentária da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Fernando Pessoa, numa palestra sobre piercings e tatuagens foi realizado um inquérito, previamente a essa palestra, de cariz voluntário, anónimo e de auto preenchimento. Resultados: Dos 205 estudantes universitários 138 (67,3%) eram do género feminino (Tabela1). 186 (90,7%) pertenciam á região norte (Tabela3). A maioria (85,5%) referem ser da área de Medicina Dentária. Em relação ao uso de piercings 37 (18,0%) são utilizadores (Tabela 8). Em relação ao uso de tatuagens 11 (5,4%) são utilizadores (Tabela 12). A barreira que mais impossibilitava fazer um piercing ou tatuagem eram os pais (Tabela15). Verificou-se que 109 (53,2%) tinham o conhecimento de complicações na saúde com a aplicação de piercings ou tatuagens (Tabela 16). Conclusão: É necessário uma maior formação, conhecimento, atitude e comportamentos por parte do estudantes de Medicina Dentária uma vez que no futuro poderão ter, quer como utilizadores, quer como médicos que "lidar" e "saber lidar" bem com esses dispositivos no âmbito da clínica MD e do aconselhamento em SO. Em função dos resultados obtidos, seria vantajoso proceder nesta linha de estudo numa amostra maior. Introduction: The body art acts as an expression of personality, seeking a group acceptance and demonstration of uncompromising attitude, leaving a permanent impression, as is the case and tattoos piercings, and has been practiced for centuries by different ethnic groups. The prevalence of piercing by college students is 51% while the use of tattoos is 22%. Object: The purpose of this study was to determine the degree of knowledge and attitudes regarding the use of tattoos or piercings by a group of students in the field of dentistry. Methods: We performed a literature search over the past 10 years, at PubMed, SciELO and B-on, crossing the key words and using the English, Spanish and Portuguese languages. In the year 2009 / 2010 during the days of Dentistry, Faculty of Health Sciences, University Fernando Pessoa, prior to a talk about piercings and tattoos, a survey was undertaken, voluntary, anonymous and of self fulfillment. Results: Of the 205 students 138 (67.3%) were female (Table 1). 186 (90.7%) belonged to the northern region (Table 3). The majority (85.5%) refer to the field of dentistry. Regarding the use of piercing 37 (18.0%) are users (Table 8). Regarding the use of tattoos 11 (5.4%) are users (Table 12). The main barrier for not doing a piercing or tattoo was the parental consebt (Table15). It was found that 109 (53.2%) were aware of the health complications by the application of tattoos or piercings (Table 16). Conclusion: More training, knowledge, attitude and behavior are needed on the part of students of dentistry since the future they may have, either as users or as physicians, to "handle" and "coping" with these devices, in the scope of the clinical MD practice and giving advice on OH. Depending on the results obtained, it would be advantageous to carry on this line of study on a larger sample.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2576
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_16663.pdf1,76 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.