Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2486
Título: Mecanismos Parasitários de Escape ao Sistema Imunológico
Autor: Oliveira, Ana Carolina Santos
Orientador: Soares, Sandra
Palavras-chave: Parasita
Sistema imune humano
Escape parasitário
Evasão
Parasits
Immune system
Parasite escape
Evasion
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: A evasão ao sistema imunulógico, por parte dos parasitas, está actualmente omnipresente e envolve uma série de mecanismos moleculares, que reflectem a evolução, reprodução e crescimento parasitário. Existem uma série de formas e processos de escape parasitário permitindo com que estes garantam, simultaneamente, a sua sobrevivência e a do hospedeiro. A co-evolução convergente entre hospedeiro e parasita sustêm a base destes mecanismos que se baseiam na manipulação dos processos que fazem parte e regulam a resposta imunitária e o normal funcionamento das células de defesa do hospedeiro, ficando a resposta inata e adaptativa vulnerável à acção parasitária. O fenómeno de evasão parasitária foi descoberto há cerca de 100 anos, por aquele que é considerado o pai da Imunologia, Paul Erlich; este durante alguns dos seus estudos observou “o desaparecimento dos receptores” característicos dos anticorpos do sistema imune, em Trypanossomas africanos. A partir daí as funções genéticas, alterações de variantes antigénicas, moléculas supressoras do sistema imune têm sido amplamente descobertas e estudadas. A importância do conhecimento das adaptações parasitárias é fundamental para o desenvolvimento de terapeuticas na área da medicina, imunologia, parasitologia e farmacologia visto que destas se obtêm dados fundamentais sobre a interecção entre estes microorganismos e sobre as patologias que podem causar. Desta feita este trabalho aborda, então esses mecanismos, explicando ainda de forma sintética a constituição do sistema imune de forma a direccionar facilmente e localizar o centro de ataque parasitário, demonstrando a forma ágil e habilidosa com que estes seres conseguem ludibriar um complexo sistema como é o sistema imunitário de um indivíduo imunocompetente. Evasion of immunologic system, by parasites, is now ubiquitous and involves several molecular mechanisms that reflect the evolution, parasite growth and its reproduction. There are a number of forms and escape processes which have been adopted by parasits ensuring survival of both parasite and host. The convergent co-evolution of host and parasite is the basis of these mechanisms that rely on manipulation of the processes which are part of the immune response and regulate it, as well as, the normal functioning of host defense cells, leaving the innate and adaptive response vulnerable to parasite activity. The phenomenon of parasite evasion was discovered about 100 years ago, by one considered the father of Immunology, Paul Ehrlich. This has been found during some of his studies where disappearance of the antibody receptors characteristic of the immune system of the African trypanosome, was observed. Since then, gene functions, changes in antigenic variants and suppressing molecules of immune system have been extensively discovered and studied. The importance of the knowledge of parasitic adaptations is crucial for the development of new therapeutics in medicine, immunology, parasitology and pharmacology since these data reflect the interaction between microorganisms and the immune system and also related diseases. With this dissertation we will have an overview of these mechanisms and a brief explanation of the immune system in order to easily locate the center of parasitic attack, demonstrating how agile and skilled these living beings can evade a complex system like the immune system of immunocompetent individuals.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2486
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_15458.pdf2,37 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.