Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2485
Título: Mecanismos de destoxificação do dimetilmercúrio
Autor: Rodrigues, Viviana Andreia Bastos
Orientador: Silva, Pedro
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: O mercúrio (Hg2+) é tóxico devido à ligação covalente que estabelece com os grupos tiol das várias enzimas nos microssomas e mitocôndria. Essa ligação tem como consequência a interrupção do metabolismo e da função celular. Existem vários mecanismos de destoxificação, entre os quais inclui-se a redução do Hg iónico (Hg2+) a Hg0. Este processo é realizado por um conjunto de enzimas codificadas pelo operão mer: a MerB que substitui os grupos metilo do metilmercúrio por tiolatos, a MerA que reduz o Hg2+ a Hg0 e MerC, MerF e MerE que assumem um papel no transporte de Hg2+ do periplasma para o citoplasma. Neste trabalho fez-se um estudo computacional do mecanismo reaccional de MerB. Concluiu-se que a adição do primeiro tiolato é um passo limitado por difusão, e que a entrada do novo tiolato não é possível a velocidades compatíveis com as observadas na enzima. Portanto a reacção deve ocorrer com a adição de um tiolato e um tiol ao Hg e não com dois tiolatos. Mercury (Hg2+) is toxic because it establishes covalent bonds with the thiol groups prseent in enzymes from microssomes and mitochondria. These covalent bonds lead to loss of function and interruption of metabolism and cell function. Severeral detoxification mechanisms exist, such as the reduction of ionic Hg to Hg0. This process is catalyzed by a set of proteins encoded by the mer operon: MerB replaces the methyl groups in methylmercury by thiolates, MerA then reduces Hg2+ to Hg(0) and MerC, MerF and MerE play roles in Hg2+ transport from the periplasm to the cytoplasm. In this work a computational study of the reaction mechanism of MerB was performed. It can be concluded that addition of the first thiolate is a diffusion-controled step, and that the addition of a secon thiolate is not possible at rates compatible to those observed in the enzyme. The reaction must therefore proceed through the addition of a thiolate and a thiol to Hg, rather than two thiolates.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/2485
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_15455.pdf577,14 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.