Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2469
Título: Medicamentos Manipulados Pediátricos
Outros títulos: desenvolvimento de formulações de Ranitidina e Clindamicina
Autor: Santos, Carla Sofia Fernandes dos
Orientador: Barata, Pedro
Palavras-chave: Pediatria
Gelatina
Medicamentos manipulados
Medicamentos pediátricos
Ranitidina
Clindamicina
Regulamentação de medicamentos
Pediatrics
Gelatin
Manipulated drugs
Pediatric drugs
Ranitidine
Clindamycin
Drug regulation
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: Em pediatria são administrados medicamentos inadequados às necessidades pediátricas, são prescritos fora do âmbito das utilizações aprovadas na respectiva autorização de introdução no mercado, alguns nem foram testados nem autorizados para serem usados em pediatria. A Indústria Farmacêutica não tem apostado nos medicamentos pediátricos devido à baixa incidência e prevalência de patologias específicas da população pediátrica; ao número reduzido, em termos relativos, de doentes pediátricos que utilizam certos medicamentos em que a existência de várias sub-populações dificulta a amortização dos custos inerentes aos estudos de investigação e desenvolvimento; as dificuldades técnicas que, em certos casos, impedem a obtenção de medicamentos líquidos para administração oral com prazos de validade suficientemente alargados, compatíveis com a sua preparação em escala industrial, distribuição e comercialização. O presente trabalho teve como objectivo primordial contribuir para o desenvolvimento de formulações adequadas à pediatria, viabilizando o acesso a uma variedade de formas farmacêuticas, doses e formulações com excipientes adequados, seguros e eficazes para a idade do paciente pediátrico. Neste trabalho pretendeu-se formular pastilhas com gelatina, utilizando metodologia facilmente aplicável em farmácia hospitalar ou comunitária e o estudo das suas características farmacotécnicas. Os fármacos utilizados foram o cloridrato de ranitidina e o de clindamicina. In pediatrics are administered inappropriate drugs to pediatric needs, are prescribed outside the approved uses in its authorization the market, some have not been tested or approved for pediatrics use. The pharmaceutical industry has not bet on medicines for children due to low incidence and prevalence of specific pediatric diseases; to the small number in relative terms, of pediatric patients using certain medicines that the existence of several sub-populations hinders the recovery costs of research studies and development; the technical difficulties in some cases, hinder the achievement of liquid medications for oral administration with validity periods sufficiently extended, consistent with preparation scale industrial, distribution and marketing. This study aimed to help primary for the development of formulations suitable for pediatric, enabling access to a variety of dosage forms, doses and formulations with excipients suitable, safe and effective for the age of the pediatric patient. This work aimed to formulate tablets with gelatin, using methodology easily applicable in hospital pharmacy or community and the study of their characteristics pharmacotechnical. Drugs were hydrochloride ranitidine and to clindamycin.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2469
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_17308.pdf413,76 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.