Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2460
Título: Avaliação do potencial antioxidante dos compostos fenólicos de extractos de plantas da flora portuguesa
Autor: Santos, Isis Sofia Norinho
Orientador: Moutinho, Carla
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: Alguns extractos de plantas são ricos em substâncias com poder antioxidante, como os compostos fenólicos, os quais desempenham um papel importante na homeostase celular dos vegetais e do Homem que as utiliza. A medicina popular portuguesa é muito rica em terapias desenvolvidas com base em extractos de partes de plantas, entre elas, as folhas de Castanea sativa e de Mentha piperita, ou seja, castanheiro e menta, respectivamente. Ambos os exemplares revelam uma razoável fracção de compostos fenólicos na sua composição, os quais são apontados como os responsáveis pelas propriedades antioxidantes das plantas. Neste estudo apresentam-se os resultados referentes à avaliação do potencial antioxidante de extractos metanólicos de Castanea sativa e de Mentha piperita, recolhidas na região de Trás-os-Montes. A capacidade antioxidante foi testada pelo método de DPPH•, tendo sido também efectuada a quantificação de compostos fenólicos totais nos extractos pelo método de Folin-Ciocalteu. Adicionalmente, apresentam-se os resultados relativos à avaliação de citotoxicidade dos mesmos extractos através dos testes de citotoxicidade in vitro, utilizando-se como organismo modelo a Artemia salina. Some plant extracts are rich in antioxidant substances, such as the phenolic compounds, which play an important role in cellular homeostasis, both in vegetables and Humans that use them. Portuguese folk medicine is rich in therapies based on plant extracts, including the leaves of Castanea sativa and Mentha piperita, usually known as sweet chestnut and peppermint, respectively. Both species reveal a reasonable fraction of phenolic compounds in its composition, which are pointed out as responsible for plant antioxidant properties. This study reveals the results about the antioxidant potential evaluation of methanolic extracts of Castanea sativa and Mentha piperita, collected in the region of Trás-os-Montes. The antioxidant capacity was tested with the DPPH• method and the quantification of total phenolic compounds were carried out using the Folin-Ciocalteu method. Additionally, the research work presented herein seeks to assess the effects of both methanolic extracts of Castanea sativa and Mentha piperita through a series of in vitro cytotoxicity tests, using Artemia salina as model organism.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Licenciado em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/2460
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
T_13486.pdf992,75 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.