Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2456
Título: O papel do cobre, ferro e zinco na doença de Parkinson
Autor: Azziz, Yara Bou-Hamdan
Orientador: Leal, Fernanda
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: A doença de Parkinson é considerada a segunda doença neurodegenerativa mais comum no mundo, descrita primeiramente em 1817 pelo médico inglês James Parkinson. É um distúrbio crónico e progressivo do sistema nervoso central. Os principais sintomas da doença de Parkinson são tremor em repouso, bradicinésia, rigidez muscular e instabilidade postural. É uma doença multifactorial que é provocada pela destruição dos neurónios dopaminérgicos e pela presença de corpos de Lewy na substância negra. Esta patologia não tem cura e afecta com maior frequência homens do que as mulheres. A etiologia da doença de Parkinson encontra-se, em parte, por desvendar. Estudos sugerem que o seu aparecimento pode ser devido à ocorrência de múltiplos factores que parecem estar associados a causas ambientais (exposição a substâncias tóxicas) e genéticas, produção aumentada de radicais livres, anormalidades mitocondriais, predisposição genética e envelhecimento cerebral. O cobre, o ferro e o zinco são oligoelementos essenciais, responsáveis pela função de muitas enzimas e proteínas celulares; contudo esses mesmos elementos tornam-se tóxicos quando ocorre um desequilíbrio na sua homeostase, proporcionando desordens neurodegenrativascomo a doença de Parkinson. O tratamento medicamentoso na doença de Parkinson visa o controlo dos sintomas. A necessidade de eliminação desses metais (tóxicos ou essenciais) em excesso no organismo pode ser feita através de uma terapia de quelatação em doenças neurodegenerativas, usando agentes quelantes específicos para cada metal. Parkinson´s disease is considered the second most common disease neurodegenerative in the world, it was described in 1817 by James Parkinson. It is a chronic and progressive disorder of the central nervous system. The main symptoms of Parkinson´s disease are rest tremor, bradykinesia, muscular rigidity and postural instability. It is a multifactorial disase that is caused by destruction of dopaminergic neurons and the presence of Lewy bodies in the substantia nigra. This disease has no cure and affects men more frequently than women The etiology of Parkinson´s disease is, in part, Unknown. Studies suggest that their appearance may be due to the occurrence of multiple factors that appear to be linked to environmental causes (exposure to toxic substances) and genetic, increased production of free radicals, mitochondrial abnormalities, genetic predisposition and aging brain. Copper, iron and zinc are essential trace elements, responsible for the function of many enzymes and cellular proteins, yet these same elements become toxic when is an imbalance in homeostasis, providing neurodegenerative disorders such as Parkinson´s disease. Drug treatment in Parkinson´s diseases aims to control symptoms. The need to eliminate these metals (toxic or essential) in excess in the body can be made through a chelation therapy in neurodegenerative disease, using agents specific for each metal.
Descrição: Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2456
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_17201.pdf774,19 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.