Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2260
Título: As terapias expressivas e o barro
Outros títulos: veículo de auto-conhecimento, criatividade e expressão
Autor: Bucho, João Luís Saporiti Machado Cruz
Orientador: Jardim, Maria Antónia
Palavras-chave: Terra
Barro
Argila
Criatividade
Expressão
Desenvolvimento pessoal
Earth
Clay
Creativity
Expression and personal development
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: Este trabalho consiste num estudo que tem como principal objectivo descrever como o material barro poderá funcionar como veiculo que promove o desenvolvimento do auto-conhecimento, da criatividade e da expressão no sujeito. A fundamentação teórica assenta em autores e referências no campo da psicologia do desenvolvimento, como Freud, Piaget, Vygotsky, Erikson - no que diz respeito ao desenvolvimento da aprendizagem e da pedagogia nos sujeitos; Bachelard, Winnicott e Vygotsky - em relação à importância da imaginação e do simbólico e como instrumento de observação usado nesta abordagem utilizou-se o Continuum das Terapias Expressivas, ECT, defendido por Kagin e Lusebrink (1978) e as Versões de Sentido, VS (Amatuzzi, 1996). Na elaboração do estudo empírico, foi utilizado um modelo de investigação aplicada ou investigação - acção participativa, efectuada em diversos ateliers e workshops desenvolvidos, com adultos, nos dois últimos anos, dos quais foram descritos apenas dois. Como resultado do estudo foi possível observar as múltiplas potencialidades do barro como elemento objecto facilitador no estimular do pleno desenvolvimento do potencial criativo dos sujeitos, promovendo o conhecimento e ampliando o campo expressivo. Sendo uma investigação qualitativa e de carácter exploratório, esta dissertação apresenta algumas restrições, já que os resultados obtidos não podem ser generalizados, mas permitem retirar conclusões que poderão ser aplicadas à realidade próxima da apresentada neste trabalho. This work involves a study that have as a main subject to describe as the material clay will be able work as a vehicle that promote the development of the autoknowledge, creativity and the expression in the subject. The grounds theory draw heavily on authors and references in the field of the development psychology, as Freud, Piaget, Vygotsky, Erikson - in what it says regarding to development of the learning process and the pedagogy on the subjects; Bachelard, Winnicott e Vygotsky – in relation to the importance of the imagination and the symbolic as a observation instrument used in this approach, we used the Continuum of the Expressive Therapies, ECT, defended by Kagin and Lusebrink (1978) and the Versions of Sense, VS (Amatuzzi, 1996). In the preparation of the empiric study, it was used a diligent investigation model or investigation – participating action, made in several ateliers (studious) and Workshops development with adults in the last two years, which were describes just two. As result of this study, it was possible to observe the multiple potentialities of the clay as enabler in stimulate the full development from the creative potential from the subjects, promoting the knowledge and extend the expressive field. Being a qualitative investigation with exploratory character, this dissertation presents same restrictions, because the results cannot be generalize, but they allow to take conclusions that will be able to be apply to the next reality presented in this work.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Criatividade e Inovação.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2260
Aparece nas colecções:FCHS (DCEC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_22511_VR.pdf8,68 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.