Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/2258
Título: Unidades de informação
Outros títulos: criação e gestão de catálogos electrónicos em colecções museológicas
Autor: Vilar, Ana Sofia da Santa
Orientador: Lira, Sérgio
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: Numa era caracterizada por mudanças de paradigma no que concerne a reconfigurações sociais, políticas e económicas, os museus encontram-se numa busca de identidade contemporânea. Enquanto meio de comunicação aberto ao mundo exterior, os museus devem definir missões e objectivos propondo um plano estratégico que articule de modo eficiente métodos e ferramentas de modo a rentabilizar recursos existentes e enquadrar a sua gestão segundo parâmetros de maior autonomia. Sendo o museu uma instituição organizada e estruturada segundo parâmetros direccionados para a preservação e conservação da memória social, cultural, histórica e patrimonial de uma, é natural que os seus objectivos, planos de procedimento e práticas de divulgação se alterem, numa tentativa de adaptar os mesmos, à evolução social e de mentalidades. Fenómenos evolutivos como a generalização das novas tecnologias da informação e da comunicação estão na base das grandes mudanças de paradigma dos museus. Para alcançar uma simbiose entre a inovação tecnológica e o ser humano é necessário estreitar a relação entre promotores e conservadores de identidades sociais como os museus e a tecnologia. Como tal, uma rede de normas, aplicações informáticas, ligações técnicas e humanas culminam num vasto sistema comunicacional de qual os museus contribuem activamente. O presente trabalho está dividido em duas partes complementares: a primeira constitui uma abordagem conceptual em que é dado a conhecer a evolução da museologia e como o museu se apresenta enquanto instituição geradora de informação; reflectir sobre a gestão e a organização das unidades de informação museológicas ressalvando as práticas documentais (registar, inventariar e catalogar) e a normalização de ferramentas e de métodos; por fim serão definidos quais os meios informáticos disponíveis no apoio à gestão como os Sistemas de Gestão de Colecções e até que ponto a informática é um factor de sociabilização e de difusão de informação museológica. A segunda parte desta dissertação centra-se no estudo de caso que pretende dar a reconhecer como doze museus situados geograficamente no Grande Porto gerem e reconhecem as mais-valias dos Sistemas de Gestão de Colecções em utilização. In an era characterized by shifting paradigms concerning social, political and economic configurations, museums are in search of a contemporary identity. Museums, as means of communication open to the outside world, must define tasks and purposes presenting a strategic plan that efficiently articulates methods and tools in order to better apply existing resources and encompass their management according to parameters of greater autonomy. The Museum being an organized and structured institution, according to parameters focused on the preservation and conservation of social, cultural, and historic heritage of a given society, it is only natural that its objectives, plans and disclosure practices change in an attempt to adapt themselves to social evolution and mentalities. Evolutionary phenomena as the generalization of new media technologies are the core of the museums‟ paradigm changes. To achieve a symbiosis between technological innovation and the human being, it is necessary to strengthen the relationship between social identity promoters and conservationists such as museums and technology. As such a network of norms, software, as well as technical and human connections culminates in a vast communicational system to which museums contribute actively. This research is divided into two complementary parts: the first is a conceptual approach which provides the evolution of museology and how Museums present themselves as institutions that generate information. It also embraces on the museums‟ information units‟ management and organization focusing on the documentation practices (registration, inventory and catalog) as well as on tools and methods norms‟. Finally it is intended to assess which computer management means are available that support the Collection Management Systems‟ and to what extent the computer is a factor of socialization and Museum information‟ transmission. The second part of this dissertation focuses on case study meant to recognize how twelve museums situated geographically in the Oporto area generate and recognize the value of Collections Management Systems.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências da Informação e da Documentação.
URI: http://hdl.handle.net/10284/2258
Aparece nas colecções:FCHS (DCEC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_22135.pdf1,4 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.