Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1985
Título: “A ler bem vou mais além”
Outros títulos: Estudo da relação entre as competências leitoras e pré-leitoras e a obtenção de melhores resultados a Língua Portuguesa no 1º ano de escolaridade
Autor: Almeida, Sara Filipa Ferreira de
Orientador: Ramalho, Joaquim
Palavras-chave: Literacia emergente
Aprendizagem da leitura e escrita, , aprendizagem da leitura e escrita
Competências leitoras e pré-leitoras
Emergent literacy
Acquisition of reading and writing
Reading and pre reading skills
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: O projecto de intervenção precoce “A ler vamos…” promovido pela Câmara Municipal de Matosinhos em colaboração com os agrupamentos de escola do concelho, assenta nos pressupostos da literacia emergente enquanto modelo compreensivo da aprendizagem da leitura e da escrita e por isso valoriza a estimulação precoce de competências leitoras e pré-leitoras enquanto premissas essenciais para a melhoria para o sucesso escolar transversal a todas as áreas do conhecimento. Este trabalho visa o estudo das competências leitoras e pré-leitoras que mais se relacionam com os resultados obtidos no final do primeiro ano de escolaridade nos domínios da Língua Portuguesa, neste sentido, foi seleccionada uma amostra de 135 alunos do 1º ano do 1º Ciclo do Ensino Básico da rede pública escolar do concelho de Matosinhos que tivessem frequentado algum estabelecimento de educação pré-escolar do concelho, no ano imediatamente anterior e que não fossem portadores de necessidades educativas especiais. Neste sentido, para entender a possível relação entre as competências pré-leitoras com os resultados obtidos no primeiro ano de escolaridade, foi realizado um estudo de correlação entre as competências literácitas precoces (consciência fonológica, reflexão morfo-sintática, compreensão de estruturas complexas e reconhecimento de letras) avaliadas na educação pré-escolar através das provas fonológicas e de reconhecimento das letras de Silva (2003) e das provas de avaliação da linguagem oral de Sim-Sim (2006) e as notas quantitativas, de 0 a 100%, obtidas no último teste de Língua Portuguesa no primeiro ano de escolaridade. Por outro lado, para perceber a influência que a velocidade de leitura poderá exercer nos resultados conseguidos nas provas de Língua Portuguesa no primeiro ano de escolaridade, realizou-se um estudo de regressão entre os resultados obtidos através da Prova de Reconhecimento de Palavras, a PRP de Viana e Ribeiro (2010), que afere a capacidade de descodificar mais rápida e automaticamente as palavras, e as notas quantitativas atribuídas pelo professor no domínio da Língua Portuguesa. Assim, a pertinência deste estudo reside na possibilidade de identificar as competências essenciais para a conquista de melhores resultados académicos e assim orientar a acção dos técnicos de intervenção precoce do projecto “A ler vamos…”.--- The early intervention project “A ler vamos…” promoted by Câmara Municipal de Matosinhos in agreement with the local schools, was based in emergent literacy assumptions. This model of learning to read and write, values the early stimulation of reading skills while essential way to increase the academic success in several domains of knowledge. This work aims the study about the relation between the reading and pre-reading skills and the results that children get in Portuguese language at the end of 1st grade. In that sense, the sample selected to this study was composed by 135 1st grade students belonging to the public schools of Matosinhos who had attended any institution of preschool education of this region and who haven’t any kind of special needs. In that sense, to understand the relation between early reading skills and the academic results, a correlation study between early reading skills (phonological awareness, morphological and syntactic reflection, comprehension of complex structures and recognition of letters) and the quantitative results (0 a 100%) that children have in Portuguese Language tests at the end of the 1st grade was made. The early reading skills were evaluated through the phonological and letter recognition tests of Silva (2003) and by the oral language assessment of Sim-Sim (2006). To understand the influence that reading velocity does in results that children get in Portuguese Language tests at 1st grade, it was performed a regression study between these two variables. The reading velocity was assessed through one test of word recognition, the PRP – Prova de Reconhecimento de Palavras, which tests the velocity and automaticity of decoding words. So, this study was important because it allows us to identify the essential skills for achieving positive academic results and directs the action of early intervention project technicians.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre Psicologia, especialização em Psicologia da Educação e Intervenção Comunitária.
URI: http://hdl.handle.net/10284/1985
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_20362.pdf2,06 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.