Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1975
Título: Desafios para o futuro do e-Learning
Outros títulos: uma abordagem às tecnologias educativas
ferramentas de autoria, conteúdos digitais e salas virtuais
Autor: Damião, Isabel Maria Esteves
Orientador: Reis, Pedro
Data de Defesa: 2011
Editora: [s.n.]
Resumo: As novas tecnologias vieram permitir um maior desenvolvimento no que ao Ensino à Distância diz respeito, daí que o e-Learning esteja a ser cada vez mais usado não só em termos de formação profissional, mas também ao nível do Ensino Superior. Nos últimos anos, tem-se verificado uma forte aposta neste tipo de ensino por parte das universidades em virtude de permitir captar um novo público, normalmente pessoas que já trabalham e não têm disponibilidade para assistir a aulas presenciais. Neste trabalho, ainda que o enfoque seja colocado, essencialmente, no Ensino à Distância e nas Ferramentas de Autor, fizemos uma primeira abordagem às Teorias de Aprendizagem, nomeadamente ao Behaviorismo, ao Construtivismo, ao Sócio-Construtivismo e ao Conectivismo, na convicção de que não se pode falar sobre ensino ou aprendizagem sem antes se reflectir, ainda que de forma abreviada nas concepções de Aprendizagem e nas teorias que a regem ao longo dos tempos. Antes de passarmos às Ferramentas de Autor, aos Objectos de Aprendizagem e às Salas Virtuais, fizemos também uma incursão sobre a história do Ensino à Distância (EaD). Um tipo de ensino que surge na sequência de razões de ordem social, profissional e até mesmo cultural, associadas a cenários de isolamento, ou até mesmo, de empregabilidade. Aliás, o princípio que rege o EaD é o de suprir as limitações próprias do Ensino Presencial. Daí que universidades e empresas apostem cada vez mais no e-Learning, dada a procura e a necessidade que há, por parte de um público mais adulto, neste tipo de formação. New technologies allow a better development to Distance Learning, hence e-Learning is becoming more used not only in terms of professional training but also at the Higher Education level. Over the last years we have witnessed a strong bet in this type of education by the universities in order to attract a new public, usually people that are already working and are not available to attend face to face classes. In this thesis, although the focus is on the Distance Learning and Authoring Tools, we made a first approach to Learning Theories like, Behaviorism, Constructivism, Socio-Constructivism and Connectivism, assuming that we cannot discuss teaching or learning without reflecting previously on the conceptions of Learning and on the theories that were developed throughout the times. Before approaching Authoring Tools, Learning Objects and Virtual Rooms we also made an incursion on the history of Distance Education (DE), one form of teaching that appears due to social, professional and even cultural reasons related to scenarios of isolation or even employability. As a matter of fact, the guidelines of DE are to overcome the limitations of face to face learning methodologies. Hence, universities are becoming more and more interested on e-Learning, given the demand and need of an adult public in this kind of training.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Cultura, Literatura e Hipermédia, especialização em Texto Informático e Cibercultura.
URI: http://hdl.handle.net/10284/1975
Aparece nas colecções:FCHS (DCEC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_20649.pdf1,1 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.