Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1952
Título: Depressão
Outros títulos: consumo de antidepressivos em Portugal e na Europa
Autor: Costa, Eduardo de Lacerda Machado Barbot
Orientador: Souto, Eliana B.
Data de Defesa: 2010
Editora: [s.n.]
Resumo: A depressão é uma das doenças psiquiátricas mais prevalentes na nossa sociedade e subsistem evidências epidemiológicas sugerindo um aumento substancial da sua incidência nos últimos anos. Esta situação é comprovada não só através dos estudos ao nível da comunidade, mas também mediante prospecções que ocorrem na medicina geral, onde foi estimado existir um aumento de 3-10 vezes na ocorrência desta doença, bem como redistribuição da prevalência por idade e género. O tratamento da depressão pode ser realizado através da utilização de farmacoterapia, psicoterapia, ou de ambas. O tratamento da depressão deve ter como objectivo a remissão completa do episódio depressivo, tendo sempre em conta a qualidade de vida do paciente, sendo que um grande número de estudos tem demonstrado que os antidepressivos são eficazes no tratamento da depressão aguda em adultos. Todavia, o consumo deste tipo de substâncias em Portugal e na Europa tem vindo a aumentar de forma exponencial e alarmante ao longo dos últimos anos. O presente estudo tem por objectivo proceder a uma análise retrospectiva do consumo de antidepressivos em Portugal e no restante continente Europeu, com a respectiva comparação, bem como apresentar as diferentes medidas que Portugal e a União Europeia estão a implementar com vista a promover a boa saúde mental dos seus cidadãos. Depression is one of the most prevalent psychiatric disorders in our society and epidemiological evidences exist suggesting a substantial incidence increase of the disease in recent years. This is proven not only through studies at the community level, but also through surveys undertaken in general medicine, where an estimated increase of 3-10 times occurs, including the redistribution of prevalence by age and gender. Treatment of depression can be accomplished through the use of pharmacotherapy, psychotherapy, or both. Treatment for depression should aim to full remission of the depressive episode, always taking into account the quality of life of patients, thus a large number of studies have shown that antidepressants are effective in treating major depression in adults. However, consumption of such substances in Portugal and in Europe has been increasing exponentially and alarmingly over the past year. The purpose of this study is to undertake a retrospective analysis of antidepressant use in Portugal and the remaining European continent, with its comparison, and present the various measures that Portugal and the European Union are taking to promote good mental health of their citizens.
Descrição: Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa para obtenção do grau de Licenciado em Ciências Farmacêuticas
URI: http://hdl.handle.net/10284/1952
Aparece nas colecções:FCS (DCF) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MONO_14380.pdf728,15 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.