Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1937
Título: A relação escola-família no Pré-Escolar
Outros títulos: contributos para uma compreensão
Autor: Figueiredo, Maria João Ferreira da Silva Amaral de
Orientador: Bizarro, Rosa
Palavras-chave: Colaboração
Educação Pré-Escolar
Escola
Família
Relação Escola/Família
Collaboration
Pre-Scholar Education
School
Family
School/Family Relationship
Data de Defesa: 2010
Editora: [s.n.]
Resumo: Ao longo dos tempos a questão das relações entre pais e professores é um assunto que tem gerado várias reflexões entre muitos autores no âmbito da Psicologia da Educação. Este assunto origina debates e polémicas e leva, por vezes, a posições antagónicas. Encontramos aqueles que valorizam as relações entre a família e a escola e acreditam nas suas vantagens e os que continuam a ver a escola apenas como um local de aprendizagem onde os pais não devem intervir. A temática deste estudo relaciona-se com as percepções que os pais têm sobre o pré-escolar, procurando analisar e interpretar a forma como essas mesmas percepções influenciam a forma de relacionamento com a escola. Para que a relação escola/família possa ter ligações mais fortalecidas, será necessário que a escola se abra aos pais e à comunidade envolvente, permitindo que estes possam participar de uma forma mais activa nas actividades da escola. Dividimos o nosso trabalho em duas partes: a primeira faz uma abordagem do sistema familiar e do escolar, debruçando-se ainda sobre a problemática da colaboração entre os pais e o pré-escolar. Tendo em conta a legislação vigente, o estudo refere a opinião de vários autores, os quais nos serviram de base para a realização deste trabalho (Ramiro Marques, 1997 e 2001, Teresa Sarmento, 2002 e 2005, e José Diogo, 1998, entre outros). A segunda parte refere a metodologia seguida, a análise e interpretação dos resultados obtidos, apontando as variantes de opinião significativas encontradas e tirando as respectivas conclusões. O presente trabalho resulta de um estudo realizado numa Instituição Particular de Solidariedade Social de Oliveira de Azeméis (Centro de Apoio Familiar Pinto de Carvalho) na resposta social de pré-escolar. A investigação insere-se numa abordagem descritiva e exploratória, envolvendo 30 pais/encarregados de educação, tendo sido utilizado o inquérito por questionário como principal técnica de recolha de dados. Em conclusão e de modo geral, podemos referir que a relação entre a família e a escola se encontra no bom caminho, embora necessite que alguns pais se esforcem um pouco mais, de forma a entender a necessidade de um maior envolvimento entre pais e educadores, tornando as relações entre ambos numa rotina. Through time the topic of the relationships between parents and teachers has generated many reflections by authors in the field of Education Psychology. The subject leads to strong debates and controversy and sometimes shows contradictive stands. We find those who give priority to for the family-school relations and believe in its positive outcome and those who continue to see the school only as a learning place where parents should not intervene. The theme of this study relates with the perception that parents have towards the pre-scholar, analyzing the way that this perception influences their relationship with the school. In order for the relation school-family to strengthen its connections, the school shall open itself for the parents and to the surrounding community, allowing these to participate in a more active way in the school activities. We divide our work in two parts: the first looks into the family and scholar systems, studying as well the issue of collaboration between parents and the pre-scholar. Having in consideration the current legislation, the study mentions several author's opinions, which created the structural base for this work (Ramiro Marques, 1997 and 2001, Teresa Sarmento, 2002 and 2005, and Jose Diogo, 1998, among others). The second part shows the followed methodology, the analysis and interpretation of the results, pointing out the various points of view and acknowledging the results. This work is the result of a study that took place in a social Social Solidarity Private Institution from Oliveira de Azeméis (Family Support Centre Pinto de Carvalho) in the social outcome of the pre-scholar. This investigation is marked by a descriptive and explanatory position, involving 30 parents/rsponsible of education individuals, having made use of an enquiry as the main tool to gather the data. In conclusion and in a general mode, we can say that the relationship between the family and the school is following a good track, although is requiring more effort from some of the parents, in order to understand better the necessity for a bigger involvement between parents and tutors, turning this connection more frequent.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Psicologia, especialização em Psicologia da Educação e Intervenção Comunitária.
URI: http://hdl.handle.net/10284/1937
Aparece nas colecções:FCHS (DCPC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM_19037.pdf534,83 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.