Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1897
Título: Imortalidade simbólica e ansiedade perante a morte
Outros títulos: estudo comparativo com esquizofrénicos
Autor: Durães, José Miguel
Palavras-chave: Morte
Esquizofrenia
Imortalidade Simbólica
Ansiedade perante a Morte
Death
Schizophrenia
Symbolic Immortality
Death Anxiety
Data: 2007
Editora: Edições Universidade Fernando Pessoa. CTEC
Citação: Cons-Ciências. Porto: Edições Universidade Fernando Pessoa. CTEC. ISSN 1645-6564. 3 (2007) 159-189.
Relatório da Série N.º: Cons-Ciências
3 (2007)
Resumo: A Symbolic Immortality Scale (SIS) e a Revised Death Anxiety Scale (RDAS) foram administradas, individualmente, a 2 grupos de sujeitos do sexo masculino de nacionalidade portuguesa (n=100), com diagnóstico de esquizofrenia (amostra clínica) e sem perturbação psiquiátrica conhecida (amostra não clínica). A Imortalidade Simbólica e a Ansiedade Perante a Morte foram estudadas em ambas as amostras, assim como a sua relação com a idade, religiosidade/espiritualidade, prática de uma religião e institucionalização (esta apenas para a amostra de esquizofrénicos). Pelos resultados encontrados constatam-se diferenças significativas entre ambas as amostras relativamente ao desejo de imortalidade simbólica global e modos religioso, natural e biológico, em que a amostra clínica apresenta médias superiores. Observaram-se diferenças estatisticamente significativas entre os que acreditam e os que não acreditam em algum tipo de religião/espiritualidade e entre praticantes e não praticantes de uma religião em ambas as amostras. The Symbolic Immortality Scale (SIS) and the Revised Death Anxiety Scale were administered, individually, to two groups of male Portuguese participants (n=100), with the diagnostic of schizophrenia (clinical sample) and without psychiatric disorder known (non clinical sample). The Symbolic Immortality and Death Anxiety were studied in both samples, as well as their relation with age, religiosity/spirituality, probation of a religion and institutionalization (this one only for the schizophrenia sample). The results generated statistical significative differences between both samples concerning the global symbolic immortality and the religious, natural and biologic modes, in which the clinical sample obtained higher means. It was found statistical significative differences between those who believe and those who don’t believe in a religion/spirituality and between probationers and nonprobationers of a religion in both samples.
URI: http://hdl.handle.net/10284/1897
ISSN: 1645-6564
Aparece nas colecções:Cons-Ciências- Nº 03

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
159-189.pdf139,48 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.