Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1818
Título: Contributos da educação intercultural na construção de uma sociedade pluralista e democrática numa perspectiva comparada
Outros títulos: Portugal e Espanha
Autor: Pedro, Ana
Pires, Lucília
Cano González, Rufino
Data: 2007
Editora: Edições Universidade Fernando Pessoa
Citação: Antropológicas. Porto: Edições Universidade Fernando Pessoa. ISSN 0873-819X. 10 (2007) 227-255.
Relatório da Série N.º: Antropológicas
10 (2007)
Resumo: No momento que hoje vivemos, a problemática das relações interculturais apresenta-se-nos de uma forma particularmente intensa. O projecto europeu desenvolve-se e aprofunda-se, o fenómeno dos nacionalismos propaga-se por toda a Europa, tornando por demais evidentes todas as idiossincrasias nacionais e multiplicidades culturais. Paralelamente verificamos fenómenos de deslocação de populações em larga escala e particularmente em Portugal e Espanha, tradicionais países de emigração, nestes últimos anos somos confrontados com vagas massivas de imigrantes quer de países africanos e sul-americanos, quer mais recentemente do leste europeu. A imigração na Península Ibérica é presentemente uma realidade inelutável especialmente se considerarmos a quantidade e a diversidade de origens dos imigrantes. A melhoria das condições de vida após os primeiros anos de imigração e os programas de reagrupamento familiar levam a que nos últimos anos o número de crianças imigrantes tenha aumentado quer no sistema educativo português quer no espanhol. Este facto por si só poderá explicar a necessidade crescente de criar espaços na escola para a educação intercultural, uma vez que esta surge como local privilegiado de socialização e aquisição da própria cultura e simultaneamente como forma de interacção comunicante com a cultura do «outro». Neste contexto procuraremos efectuar uma análise da situação em que se encontra a educação intercultural em Espanha e Portugal, enraizando-a na educação para a cidadania, tentando assim encontrar pontos comuns de actuação e simultaneamente aprender com as experiências realizadas em ambos os países, contribuindo para a construção de uma sociedade verdadeiramente multicultural. At the moment we live, the problematic of the intercultural relations presents itself to us in a particularly intense way. The European project develops and deepens, the phenomena of nationalisms spreads to all Europe, becoming too much evident all the national idiosyncrasies and cultural multiplicities. At the same time we verified phenomena’s of population dislocation in large scale and particularly in Portugal and Spain, traditional emigration coutries, in these last years we are confronted with massive waves of immigrants from African and sud-american countries, as well as from the eastern Europe. The immigration in Iberian Peninsula is presently an infightable reality, specialy if we consider the quantity and the diversity of the immigrant origins. The live conditions improvement after the first years of immigration and the family reagrupment lead to the rise in the number of immigrant children in the educative Portuguese and Spanish sistema. This fact by itself can explain the rising need to crate spaces in school for intercultural education, since it comes as a priviledge place of socialization and acquisition of the own culture and simultaneously as a way of communicative interaction with the “other” culture. In this context we will try to make an analisis of the situation in which the intercultural education in Spain and Portugal, enrooting it in the education towards citizenship, this way trying to encounter common spots of acting and simultaneously learn with the experiences performed in both countries, contributing to the construction of a real multicultural society.
URI: http://hdl.handle.net/10284/1818
ISSN: 0873-819X
Aparece nas colecções:Nº 10 (2007)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
227-255.pdf168,48 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.