Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1796
Título: «Somos um bocado marginalizados» / «Somos nós que marginalizamos os outros»
Outros títulos: estratégias plurigeracionais de construção de identidades migrantes portuguesas em Paris
Autor: Rodrigues, Elsa
Data: 2005
Editora: Edições Universidade Fernando Pessoa
Citação: Antropológicas. Porto: Edições Universidade Fernando Pessoa. ISSN 0873-819X. 9 (2005) 153-176.
Relatório da Série N.º: Antropológicas
9 (2005)
Resumo: Focando o processo de construção de uma «comunidade portuguesa imaginada», pretendemos compreender e analisar as estratégias e os processos identitários dinamizados pelos imigrantes portugueses em França que constituem a associação estudada. A «comunidade portuguesa imaginada», agenciada no «andar no rancho», funciona sobretudo como um espaço de produção de identidade. Reconhecendo que as identidades migrantes em questão se definem sobretudo num espaço de nem cá nem lá, num «Portugal imaginado» – onde o capital simbólico mais importante, é o do sacrifício intergeracional. Focusing upon the construction process of an «imagined Portuguese community», we aim to understand and analyse the identity processes and strategies mobilised by the members of a Portuguese immigrant association in Paris, France. The «imagined Portuguese community», expressed through participation in the «rancho», primarily functions as a space for the production of identity. The migrant identities of our informants are thus defined in a neither-here-nor-there space, an «imagined Portugal», where the most significant value is intergenerational sacrifice.
URI: http://hdl.handle.net/10284/1796
ISSN: 0873-819X
Aparece nas colecções:Nº 09 (2005)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
153-176.pdf236,42 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.