Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1590
Título: Gaguez
Outros títulos: estudo de caso
Autor: Lima, Sandra Madalena Esteves de
Orientador: Freitas, Susana
Data de Defesa: 2009
Editora: [s.n.]
Resumo: A origem do tratamento da gaguez remonta à época da Grécia clássica. Desde então surgiram várias tentativas terapêuticas para reduzir ou eliminar a gaguez. São numerosas as associações, grupos de investigação, livros, teorias, etc., sobre a origem como o tratamento da gaguez (Le Huche, 2006). A gaguez é um problema frequente em todo o mundo. Afecta aproximadamente 1% da população mundial. Classicamente gaguez é definida como um problema de fala. De uma maneira mais moderna diz-se que se trata de uma alteração da influência verbal (Le Huche 2006). É importante reconhecer o esforço dos investigadores na tentativa de descobrir a causa da gaguez. A crença de que só se poderia tratar da gaguez quando fosse conhecida a sua origem motivou grandes nomes da área da investigação, sendo eles próprios gagos, como Van Riper, Johnson, Sheehan, Gregory, entre outros. Mesmo estas pesquisas não tendo atingido o principal objectivo a que se propunham, trouxeram grandes contribuições e foram muito importantes para que se chegasse às percepções que hoje temos respeito da gaguez (Goldefel, 2003). A gaguez é um fenómeno muito complexo que supera a capacidade explicativa. As definições da OMS¹ ocultam a controvérsia que acompanha este problema de fala desde que se descobriu. Esta patologia surpreende pela quantidade assombrosa de excepções e irregularidades. Carece de um tratamento eficaz (Zamora, 2007). Este trabalho assenta no estudo de caso de um adulto, detentor de gaguez desde os 5 anos de idade. Inicia com uma breve revisão bibliográfica sobre a temática em estudo e, posteriormente, é feita a descrição do paciente, bem como de todos os métodos e técnicas adoptadas na intervenção terapêutica. Finalmente serão discutidos os resultados da mesma. É de realçar que um estudo de caso é apenas uma análise única e específica e, por isso, não pode ser generalizada. The origin o f treatment of disfluency begins whith the era of classical GREECE. Since then there are several therapeutic attempts to reduce or eliminate disfluency. There are many associations, research groups, books, theories, etc., both related with the origin and treatment of disfluency (Le Huche 2006). Disfluency is a very common problem worldwide. It affects approximately 1% of world population. Classically disfluency is defined as a problem of the rhythm in speech. In a more modern way it is said that this is a change in verbal fluency (Le Huche, 2006). It is important to recognize the efforts of researchers in an attempt to discover the cause of disfluency. The belief that a disfluency could only be treated when his origin had been found led big names in research area, being themselves stutterers, as Van Riper, Johnson, Sheehan, Gregory among others. Although these studies have not attained the main objective that was proposed, they brought great contributions and were very important to reach the perceptions that we have today about disfluency (Goldefel, 2003). Disfluency is a very complex phenomenon that surpasses the explanatory ability. The definitions of OMS² hide the controversy that accompanies this problem of speech since it was discovered. This astonishing pathology surprise by the amount of exceptions and irregularities. Lacks and effective treatment (Zamora, 2007). This work is based on case study of an adult, holding disfluency since 5 years of age. Begins with a brief review on the subject under study and, subsequently, is the description of the case of the patient, as well as the methods and techniques adopted in the therapeutic intervention. Finally the results will be discussed. It is noteworthy that a case study is only a single and specific analysis and, therefore, cannot be generalized.
Descrição: Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa para obtenção do grau Licenciada em Terapêutica da Fala
URI: http://hdl.handle.net/10284/1590
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MONOGRAFIA - Sandra Lima - Gaguez - Estudo de Caso - 2009.pdf929,45 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.