Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1565
Título: 30 anos de reportagem na imprensa escrita do Porto
Outros títulos: o caso do Jornal de Notícias, o Primeiro de Janeiro e o Comércio do Porto (1974/2004)
Autor: Machado, Liliana Joaquina Mesquita
Orientador: Sousa, Jorge Pedro
Palavras-chave: Reportagem
Imprensa Escrita
Tipos de Reportagens
Webreportagem
Reporting
Press
Types of Reports
Web report
Data de Defesa: 2010
Editora: [s.n.]
Resumo: Com o avanço do Webjornalismo discute-se o futuro da Imprensa e dos géneros jornalísticos a ela anexados. A reportagem assume-se como um género que exige a investigação e uma dose de criatividade escrita, de modo a tornar-se apelativa, havendo uma aproximação à literatura, sem perder, no entanto, o cariz informativo e fiel aos factos. Para conhecer o futuro da imprensa escrita é necessário conhecer o seu passado, o passado da reportagem (género que nasce no seio da imprensa). Para compreender a reportagem na imprensa escrita desenvolveu-se um estudo quantitativo e qualitativo de 30 anos de reportagens nos jornais Jornal de otícias, O Primeiro de Janeiro e O Comércio do Porto (1974/2004). As reportagens seleccionadas para o estudo têm um cariz político-social, tendo em conta o panorama histórico de Portugal a partir do 25 de Abril de 1974. Com este estudo foi possível analisar a evolução da reportagem ao longo do período em estudo no Jornal de otícias, O Primeiro de Janeiro e O Comércio do Porto, relativamente ao tipo de reportagens, ao espaço ocupado dentro das páginas dos jornais e o seu enquadramento em relação aos restantes géneros jornalísticos. With the development of Webjournalism we can start thinking about the future of the press and the journalistic types related to it. The report defines itself as a genus that requires research and a dose of creative writing in order to become attractive, with an approach to literature, without losing, however, its informative nature and staying faithful to the facts. To know the future of the press, you need to know its past, the report’s past (genus that comes with the press). To understand the story of the press, a quantitative and qualitative study of 30 years of reporting was developed in the Jornal de otícias, O Primeiro de Janeiro and O Comércio do Porto (1974/2004). The stories selected for this study have a political and social nature, taking into account the historical background of Portugal from April 25th, 1974. This study was able to examine the development of reporting in Jornal de otícias, O Primeiro de Janeiro and O Comércio do Porto, during the period under study, concerning the type of reports, the space occupied within the pages of the newspapers and how it fitted within other journalistic types.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências da Comunicação, especialização em Jornalismo.
URI: http://hdl.handle.net/10284/1565
Aparece nas colecções:FCHS (DCEC) - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dm_lilianamachado.pdf7,28 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.