Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1474
Título: Educación sin antropología
Outros títulos: el caso de los temas transversales
Autor: Vendrell Ferré, Joan
Data: 1997
Editora: Edições Universidade Fernando Pessoa
Citação: Antropológicas. Porto. ISSN 0873-819X. 1 (1997) 101-112.
Relatório da Série N.º: Antropológicas
1
Resumo: Análise das consequências da não inclusão da Antropologia e de outras Ciências Sociais na construção dos novos programas educativos em Espanha. Para o autor, existem dois factos que condicionam os planos pedagógicos: o cientifismo e o “triunfo das pedagogias psicológicas”. O cientifismo, entendido como uma ideologia com pretensões hegemónicas, não pode ser questionado se a Filosofia, a Antropologia ou outras Ciências Sociais desaparecem do Curriculum Básico. E o mesmo ocorre com as pedagogias baseadas na psicologia “científica”. Estamos perante uma verdadeira expropriação sócio-cultural, acompanhada por um culto do indivíduo – narcisismo. Palavras ou expressões com o prefixo “auto” são muito comuns nos objectivos do novo Curriculum educativo em Espanha. Tal pode ser visto no caso dos “temas transversais”, levantando questões quanto às consequências da exclusão nos novos programas dos conteúdos antropológicos. This paper explores the consequences of not including Anthropology or other Social Sciences in the design of the new education programs in Spain. For the author, there are two facts that are conditioning the pedagogic plans: scientifism and “the triumph of pedagogic psychologies”. Scientifism as an ideology with hegemonical pretensions can´t be questioned if Philosophy, Anthropology or other Social Sciences disappear from the Basic Curriculum. And the same occurs with pedagogies based on the “scientific” psychology. We are facing a real sociocultural expropriation, accompanied by a cult of the individual – narcissism. Words or expressions having the prefix “self” are very common in the objectives of the new Curriculum in Spain. This can be seen in the case of the “transversal themes”, and we can ask ourselves about the consequences of excluding anthropological contents in the new programs.
URI: http://hdl.handle.net/10284/1474
ISSN: 0873-819X
Aparece nas colecções:Nº 01 (Jun. 1997)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
101-112.pdf5,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.