Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1380
Título: Quais os factores determinantes das quedas dos idosos institualizados nos lares da Misericórdia de V.N. de Gaia
Autor: Augusto, Alix Daniel Alves
Orientador: Amorim, António
Data de Defesa: 2008
Resumo: É do conhecimento de todos que Portugal está a envelhecer. O envelhecimento populacional é uma realidade dos países desenvolvidos e que acarreta inúmeros problemas sociais e económicos, dentro dos quais a escassez de apoios na prestação de cuidados aos idosos e suas famílias começa a ser uma realidade, recorrendo assim cada vez mais a institualização dos seus idosos, um dos problemas que afectam este grupo etário é as quedas e suas causas inerentes As Quedas são a principal causa de perda de independência em pessoas com mais de 60 anos. Estas podem levar a consequências gravíssimas a diversos níveis (psicológicas, físicas e sociais). Como futuro Enfermeiro e acompanhando esta situação de perto, considero pertinente e torna-se fundamental a identificação de factores de risco para a ocorrência de quedas de forma a serem implementadas regras de prevenção e assim diminuir a sua ocorrência. Por tudo isto, e sensível a esta problemática, escolhi para tema do estudo: “Quais os factores determinantes das quedas dos idosos institualizados nos lares da Misericórdia de V.N. de Gaia” este encontra-se dividido em três grandes partes: fundamentação teórica, metodologia, analise, discussão de resultados e conclusão. Esta investigação é quantitativa de nível I, tendo um carácter exploratório/descritivo. Como instrumento de colheita de dados utilizei o questionário, que será dirigido à amostra populacional do estudo. A instituição Misericórdia de V.N. de Gaia, que possui quatro lares, estes localizados na Madalena, Gulpilhares e dois em Santa Marinha. O numero de pessoas, para uma amostra significativa de cada lar foi determinado por uma formula e obedecendo a certas condições para abranger uma população alvo. Os resultados indicam que numa população de 166 pessoas entrevistadas, 47 (28,3%) sofreram uma queda no último ano, maioritariamente no quarto, a casa de banho foi o segundo local onde se verificaram mais quedas. Foram analisadas assim várias variáveis na tentativa de determinar as causas das quedas, e por conseguinte formular estratégias para as prevenir.
Descrição: Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciado em Enfermagem
URI: http://hdl.handle.net/10284/1380
Aparece nas colecções:ESS (DCETS) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Mono_Alix.pdf287,85 kBAdobe PDFVer/Abrir
questionario_Alix.pdf60,47 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.