Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10284/1212
Título: Cárie dentária em Portugal
Autor: Amorim, Paulo de Assis da Silva Relvas de
Orientador: Coelho, Susana
Data de Defesa: 2009
Resumo: Uma má interpretação geral e popular é que a cárie é uma das pragas modernas, que estamos a pagar nos dentes pela vida adocicada, por meio dos dentes. Em sentido quantitativo, isso obviamente, é verdadeiro. Os dados epidemiológicos demonstram que as dietas ricas em açúcar, de muitas sociedades com tecnologia avançada, poderiam estar directamente associadas à incidência de cárie. O principal objectivo deste trabalho é a doença cárie dentária, tendo em conta que é a mais prevalente das doenças da cavidade oral, evidenciando os seus factores etiológicos e focando a sua prevalência em Portugal e no Mundo. A nível Nacional, foram realizados em Portugal cinco grandes levantamentos epidemiológicos de saúde oral, nos anos de 1983, 1990, 1999 (INE), 1999 (DGS) e 2006. Além destes levantamentos, vários outros de menor dimensão, foram publicados em revistas científicas. A análise dos dados secundários revela uma significativa melhoria na saúde oral dos portugueses nos últimos 23 anos. Aos 12 anos, a percentagem de crianças livres de cárie quase triplicou (passou de 15% em 1983 para 44% em 2006). O índice CPOD aos 12 anos de idade foi analisado nos cinco estudos de âmbito nacional. De um valor considerado “moderado” (3,8) em 1983, o índice mostrou consistente tendência de queda ao longo dos anos até atingir, em 2006, o valor de 1,48 (inferior ao definido pela OMS para a Região Europeia, previsto até 2020), caracterizando uma prevalência considerada “baixa”, de acordo com os padrões internacionais definidos pela OMS. Estes resultados suportam o ponto de vista de que, é fundamental a boa estruturação dos programas de saúde oral de apoio à população pré-escolar e escolar do país, para o combate da doença através da promoção da saúde oral. Novos estudos acerca dos determinantes gerais da cárie dentária, como os diferentes aspectos da vida dos indivíduos, deveriam ser desenvolvidos, a fim de contribuir para implementar medidas amplas de promoção de saúde oral, procurando melhorar a qualidade de vida da população. A general and popular misunderstanding is that caries is one of the modern plagues, which are payable by the sweet life, through the teeth. In quantitative sense, it obviously is true, the epidemiological data show that diets rich in sugar, of many companies with advanced technology, could be directly linked to the incidence of caries. The main objective of this work, taking into account the most prevalent diseases of the oral cavity, is tooth decay. Showing its etiological factors and focusing on its prevalence in Portugal and in the World. At National level, were carried out in Portugal five large epidemiological surveys of oral health in the years 1983, 1990, 1999 (INE), 1999 (DGS) and 2006. In addition to these surveys several other, smaller, were published in scientific journals. The analysis of secondary data shows a significant improvement in oral health of the Portuguese in the last 23 years. At 12 years, the % of the children caries-free tripled (from 15% in 1983 to 44% in 2006). The DMFT index at 12 years of age was examined in five studies of national scope. A value considered “moderate” (3.8) in 1983, the index showed consistent trend of decline over the years until in 2006 the value of 1.48 (less than defined by the WHO for the European Region, provided 2020), showing a prevalence as “low” according to international standards set by WHO. These results support the view that, given the simplicity of the necessary preventive measures, is essential for the proper structuring of oral health programs to support pre-school population and school in the country, to fight disease by promoting oral health. New studies on the general determinants of dental caries, as the different aspects of life of individuals, should be developed to help implement comprehensive measures to promote oral health, by improving the quality of life.
Descrição: Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciado em Medicina Dentária
URI: http://hdl.handle.net/10284/1212
Aparece nas colecções:FCS (DCM) - Outros Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mono_pauloamorim[1].pdf6,76 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.